Expresso Patos de Minas Regional

Aeroporto de Patos de Minas se torna base de apoio para aeronaves de transporte de pacientes

O aeroporto patense é o quinto no estado a receber uma base de apoio

Foto: Ascom Patos de Minas

Através do empenho da Administração Municipal, que tem buscado cada vez mais, firmar parcerias para a prosperidade de Patos de Minas, mais uma conquista foi alcançada. Desta vez, foi a instalação da base de apoio a aviões de transporte de pacientes em estado grave para a capital mineira, Belo Horizonte.

De acordo com o coordenador do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), Tenente Fernandes, o equipamento trará agilidade, qualidade e inclusão, entre os atendimentos de urgência e emergência. “Esse equipamento é muito importante para facilitar, cada vez mais, a integração entre o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, o Samu e a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, em Patos de Minas e região, proporcionando fluidez, segurança e rapidez no transporte de pacientes para a capital”, ressaltou.

O equipamento chegou no último sábado (16) e foi recebido pelo prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues Alves, no Aeroporto Municipal Pedro Pereira dos Santos. Na oportunidade, o prefeito reafirmou o compromisso de buscar sempre o desenvolvimento humanitário dos patenses. “Devemos ampliar nossos horizontes, não só no desenvolvimento econômico, mas principalmente na transformação humana. Essa base sendo instalada em Patos de Minas se torna um marco para o nosso povo, pois estaremos preparados para sempre que necessário, auxiliar as aeronaves de transporte do Samu-Corpo de Bombeiros nos atendimentos aos casos graves de pacientes que não podem ser atendidos em Patos de Minas, devido o grau de complexidade e, quem sabe, ajudando a salvar vidas”, afirmou o prefeito.

O tanque de armazenamento de combustível foi adquirido através de assinatura de convênio entre Prefeitura de Patos de Minas e Corpo de Bombeiro Militar do Estado de Minas Gerais. Outro fator que impactou na conquista do tanque foi quando um fato ocorrido em junho deste ano, quando o helicóptero do SAMU-Corpo de Bombeiros veio de Belo Horizonte até Patos de Minas efetuar o resgate de um jovem de 28 anos com queimaduras graves pelo corpo para ser transferido para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte e precisou reabastecer. A situação se complicou, já que não havia uma base avançada para auxiliar a aeronave e foi então que a Prefeitura, juntamente com proprietários de aviões do aeroporto municipal efetuaram o auxilio necessário. A experiência serviu para demonstrar que o Município deveria ter uma base avançada regional.

Com a chegada do tanque de combustível, que tem capacidade para 6 mil litros de combustível de aviação, as regiões do Alto Paranaíba, Triângulo Mineiro e Noroeste do Estado, poderão ser atendidas com os serviços prestados pelas aeronaves das corporações, em atendimento de urgência e emergência.

 

Texto: Ascom Patos de Minas

Notícias relacionadas