Cidade Destaque Expresso

Prefeitura de Uberlândia recebe três novas ambulâncias

Dois veículos de semi UTI e um de simples remoção irão integrar a frota da Central de Ambulância

Foto: Valter de Paula/SecomPMU

A Prefeitura de Uberlândia continua trabalhando para que a Saúde do município atenda de forma plena a população. A partir desta quarta-feira (20), três novas ambulâncias estarão na Central de Ambulância oferecendo transporte rápido aos usuários que necessitam. Os carros foram doados para o Município por meio do convênio firmado com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais para aquisição de semi UTIs e Ambulância Simples Remoção. A cerimônia de entrega dos veículos ocorreu nesta manhã no Centro Administrativo Municipal, com a presença do prefeito Odelmo Leão e do deputado estadual Leonídio Bouças, que representou o Estado de Minas na ocasião e foi responsável pela emenda. Servidores da Saúde e autoridades também participaram da solenidade.

Os carros foram comprados por meio de pregão eletrônico, totalizando um investimento de R$ 368 mil adquiridos pelo convênio. São duas ambulâncias semi UTI e uma de simples remoção. Com os novos veículos, a Central de Ambulância da cidade (que funciona 24h nos sete dias da semana) passa a ter 38 unidades de simples remoção (pequeno e grande porte) e duas de semi UTI, as primeiras do Município.

Recuperação

No início do ano, a atual gestão recebeu a Central de Ambulância com apenas 15 veículos rodando. Após um trabalho permanente de recuperação, a atual gestão conseguiu colocar as demais unidades em funcionamento novamente. “É nossa função é servir. É fazer com que esse importante serviço seja mantido e ampliado, sempre em benefício da população. Desde o início do ano, quando começamos as ações de recuperação e preventivas, a Central já conseguiu contabilizar mais de 48 mil atendimentos. Um número que tende a crescer com a chegada desses veículos novos”, explicou o prefeito Odelmo Leão.

Foto: Valter de Paula/SecomPMU

Destinação

Os veículos serão utilizados para transferência de pacientes entre as Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), com foco na realização de exames, e consultas no Hospital Municipal e Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU). Também transportarão pacientes para a realização de procedimentos relativos à hemodiálise, cuidados do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e atendimento nos distritos. As unidades móveis ainda atuam em apoio ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Oeste, com atendimento no Consultório de Rua e para o Programa da Saúde Mental.

Como funciona o sistema

As ambulâncias fazem parte de um sistema de simples remoção, que confere estabilidade e segurança na transferência e transporte de pacientes. Além dos veículos que atendem a rede de saúde, existem aqueles que ficam de plantão nas UAIs da cidade. A unidade do bairro Martins conta com duas ambulâncias – disponíveis 24 horas por dia – e as outras sete (dos bairros Luizote de Freitas, Pampulha, Planalto, Roosevelt, Tibery, São Jorge e Morumbi) contam com uma viatura cada.

O cuidado com os detalhes das ambulâncias são essenciais para um atendimento qualificado. Por isso, os veículos passam por manutenção periódica e check-list diário dos equipamentos.

Parceria

A Central de Ambulância também trabalha em parceria com o Corpo de Bombeiros (Cobom). O serviço é feito em complemento ao transporte em situações que não são de urgência e emergência. “Os paramédicos são enviados para realizar os primeiros socorros e a ambulância leva o paciente para a unidade mais próxima a área de abrangência, quando necessário”, expôs Gladstone Rodrigues, secretário de Saúde.

Rodrigues ressaltou ainda que a chegada das novas ambulâncias é uma importante contribuição ao trabalho conjunto entre prefeitura e Cobom e que o apoio da comunidade tem transformado a realidade da Saúde no município. “Trata-se de um grande benefício e um reforço ao atendimento de urgência e emergência, uma vez que poderemos atender os casos mais complexos e melhorar a parceria com o Corpo de Bombeiros da nossa cidade. Aproveito para agradecer o apoio da população em nos ajudar a resgatar a saúde. Por meio de várias ações e até mesmo de doações, já conseguimos aprimorar o atendimento aos cidadãos”, acrescentou.

Cuidado com a Saúde em Uberlândia

Durante a solenidade, o prefeito Odelmo Leão lembrou a recuperação de mais de R$15 milhões de recursos que não foram repassados pelo Governo de Minas Gerais à Saúde de Uberlândia no dia de ontem (19). Na data, a Justiça Federal determinou que o dinheiro, bloqueado das contas da Administração Estadual, fosse encaminhado ao Município e à Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). Os recursos estão sendo usados para o pagamento de dívidas com fornecedores do Hospital e Maternidade Dr. Odelmo Leão Carneiro.

A decisão foi proferida pela 3ª Vara Federal de Uberlândia, que atendeu a um pedido realizado pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2016. O prefeito agradeceu o empenho do procurador da República Cleber Eustáquio Neves, que havia ingressado com uma ação civil pública em razão do atraso de repasses devidos que prejudicaram a Saúde da cidade. “Obrigado pelo empenho e trabalho em prol da cidade. O que o senhor fez pela saúde do povo de Uberlândia, ao lado do juiz da Vara Federal, para que a justiça fosse cumprida e garantisse o direito de repasse ao Hospital e Maternidade Municipal, é algo que precisa ser reconhecido”, finalizou.

Foto: Valter de Paula/SecomPMU

Atendimento da Central de Ambulância em números (com a chegada dos novos veículos):

40 veículos (sendo 38 de simples remoção pequeno ou grande porte e 2 semi UTI)
47 motoristas capacitados;
24 horas de funcionamento;
– Até novembro, foram realizados 48.359 mil;
– Ambulâncias chegam ao destino em um tempo médio de 15 a 20 minutos;
– Todos os veículos passam por manutenção periódica e check-list diário dos equipamentos.

Telefone da Central de Ambulância: 156

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas