Cidade Expresso Foco

Repórter da Band é agredido por procuradora da Câmara

O repórter foi à Câmara para uma entrevista com o presidente da Câmara, mas foi recebido pela procuradora que respondeu rispidamente aos questionamentos

Foto: Reprodução

O repórter da TV Band Triângulo Ricardo Martins foi agredido nesta quarta-feira (20) pela procuradora jurídica da Câmara de Uberlândia durante uma entrevista sobre a suspensão do reajuste dos salários dos vereadores que havia sido aprovado na semana passada. O repórter foi à Câmara para uma entrevista com o presidente da Câmara, mas foi recebido pela procuradora que respondeu rispidamente aos questionamentos e afirmou que a procuradoria representa o poder e não os vereadores.

Ao ser questionada se a decisão não era imoral. Ela respondeu ao repórter; “Se você acha a constituição federal imoral é problema seu”. Logo após a procuradora disse que o repórter era capcioso e tomou o microfone dele.

Para o diretor de Jornalismo da Band Triângulo, Kelson Venâncio, a agressão foi algo chocante e absurdo contra a classe jornalística independente do veículo, uma vez que a liberdade de expressão é uma garantia constitucional. “Uma procuradora jurídica da Câmara Municipal, alguém tem um cargo importante não pode ter uma atitude dessa. Como pode ser visto no vídeo, o repórter não fez nada para que ela tivesse tal reação. Ele manteve a calma o tempo inteiro”.

De acordo com Venâncio, a Band vai tomar as medidas cabíveis na Justiça. O repórter fez boletim de ocorrência e o advogado da emissora está entrando com processo contra a procuradora.

Assista o vídeo

Texto: Redação

Notícias relacionadas