Destaque Expresso Segurança

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Rodovida

Fiscalização será intensificada na BR 365 e em outras rodovias que cortam a região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba

Foto: Divulgação/ PRF

A Polícia Rodoviária Federal iniciou nesta sexta (22), a Operação Integrada Rodovida que tem como objetivo combater a violência no trânsito e garantir a segurança dos usuários das vias durante os feriados de fim de ano.  A ação acontece dede 2011 e une  esforços da União, Municípios e Estado. Normalmente a operação é feita em períodos de fluxo mais intenso nas estradas, como nos feriados de Natal e Carnaval.

A polícia irá intensificar a fiscalização nas estradas federais para coibir a prática de condutas  arriscadas, como ultrapassagem indevida, excesso de velocidade,  consumo de álcool e trânsito incorreto de motocicletas.  A fiscalização continua até o dia 18 de fevereiro. Só no feriado do natal, aproximadamente 800 policiais estarão trabalhando, eles irão utilizar 23 radares e 200 etilômetros.

Na última Operação Rodovida , realizada entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017, mais de um milhão e meio de pessoas foram abordadas pela PRF. Foram feitas 588.067 autuações, sendo 8.551 relacionadas ao uso de álcool , 66.774 ultrapassagens irregulares e 4.783 multas por falta do uso da cadeirinha.

A PRF busca fazer o patrulhamento nos pontos considerados críticos, em horários e dias de maior fluxo nas rodovias que cortam a região. O trabalho acontece simultaneamente em todo o território nacional.

Recomendações aos viajantes

A PRF orienta que os motorista que vão pegar a estrada neste feriado estejam com atenção redobrada, pois o volume de veículos tende a ser maior. Também é importante fazer um planejamento informando-se sobre as distâncias que percorrerá, condições climáticas, além de se ater a documentação pessoal e do veículo.

Outra dica da Polícia Rodoviária Federal é que os motoristas façam pausas para descanso a cada três horas, para evitar sonolência. Os viajantes também devem manter os faróis acesos e obedecerem a sinalização de trânsito.

 

Texto: Maria Clara Faria

Notícias relacionadas