Expresso Nacional

Gilmar Mendes suspende medidas cautelares contra Rosinha Garotinho

O ministro do STF (Superior Tribunal Eleitoral) Gilmar Mendes suspendeu medidas cautelares que haviam sido impostas à ex-governadora do Rio de Janeiro Rosinha Garotinho. As informações são da Agência Brasil.

Foto: jose lucena/Futura Press/Folhapress

O ministro considerou, em decisão tomada nesta sexta-feira (22), que as medidas são desproporcionais e que não há ligação entre ações efetivas da ré e condutas ofensivas às investigações que tenham sido cometidas por outros acusados.

Rosinha estava obrigada a cumprir recolhimento noturno e utilizava tornozeleira eletrônica. A prisão preventiva da ex-governadora já tinha sido suspensa em 29 de novembro, por decisão unânime dos desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro.

Na última quarta-feira, Gilmar Mendes havia determinado a libertação do ex-governador do Rio Anthony Garotinho, marido de Rosinha, e do presidente do PR, Antônio Carlos Rodrigues. Também foi libertado Fabiano Rosas Alonso, investigado no mesmo inquérito.

Garotinho e Rosinha foram presos no dia 22 de novembro, acusados de participar de uma organização que cometeu os crimes de corrupção, concussão e falsidade na prestação das contas eleitorais. O ex-governador e o presidente do PR são acusados de receber caixa 2 do grupo JBS.

 

Texto: Folhapress

Notícias relacionadas