Expresso Foco Saúde

Proteja-se! Saiba como unir o repelente à rotina de cuidados

As férias estão aí e, para aqueles que vão viajar para áreas quentes, com praia e campo: saibam como escolher o repelente adequado a cada idade e os cuidados a serem tomados a fim de evitar as picadas de mosquito.

Dra Thaís Mesquita é dermatologista

Os repelentes não são indicados para crianças menores de 6 meses de idade, apenas roupa protetora e mosquiteiros devem ser usados.

 

Indicações por idade:

– Crianças entre 6 meses e 2 anos de idade – aplicar uma vez ao dia: IR3535 – duração de até 4 horas.

– Crianças entre 2 e 7 anos de idade – aplicar até duas vezes ao dia: IR3535 – duração de até 4 horas; Icaridina 20-25% – duração de 10 horas; DEET infantil 6-9% – duração de 4-6 horas.

– Crianças a partir de 7 anos de idade – aplicar até três vezes ao dia: Icaridina 20- 25% – duração de 10 horas; DEET infantil 6-9% – duração de 4-6 horas; IR3535 – duração de até 4 horas.

P.S. Estudos científicos mostram que a Icaridina 20-25% fornece mais proteção contra o Aedes aegypti do que o DEET 6-9%.

– Adultos e gestantes – aplicar até três vezes ao dia: Icaridina 20-25% – duração de 10 horas; DEET 10-15% – duração de 6-8 horas; IR3535 – duração de até 4 horas.

 

Importante:

O repelente não deve ser aplicado sob as roupas. Aplique o produto somente nas áreas que ficarão expostas e não aplique mais de três vezes ao dia, pelo risco de causar intoxicação.

Não durma com repelente. Tome um banho para remover o produto antes de dormir.

Se for usar hidratante ou filtro solar, espere secar e aplique o repelente 15 minutos após o uso desses produtos. O repelente é sempre o último a ser aplicado.

Não aplique próximo das mucosas (olhos, nariz, boca). Lave as mãos após o uso.

Não aplique nas mãos das crianças. Elas podem levar o produto à boca.

 

Outras medidas:

Prefira roupas claras, manga longa e calça comprida. Evite roupas escuras (que atraem o mosquito) e muito coladas ao corpo, pois elas permitem a picada.

Não use hidratantes e cosméticos com perfumes, eles atraem o mosquito.

Repelentes elétricos (que liberam inseticidas) são úteis para reduzir a entrada dos mosquitos. Coloque-os próximo de portas e janelas.

O suor atrai os insetos. Quando calor, resfrie o ambiente: ar-condicionado e ventilador espantam o mosquito.

Os dispositivos ultrassônicos e os elétricos luminosos com luz azul não possuem respaldo científico.

 

Lembre-se: a maioria dos mosquitos, inclusive o Aedes aegypti, ataca mais nas primeiras horas da manhã (7-10h) e no final da tarde (15h30-18h). Portanto, mantenha janelas e portas fechadas nesse período. Já os pernilongos possuem hábito mais noturno. Utilize mosquiteiros e telas nas janelas e portas. Em berços e camas, podem-se instalar mosquiteiros e é permitida a aplicação de repelentes em spray sobre o mosquiteiro para aumentar sua eficácia.

 

Dra. Thaís de Paula A. Mesquita
Dermatologista

Av. Nicomedes Alves dos Santos, 1500 – Morada da Colina
CEP: 38411-106 – Uberlândia – Minas Gerais
Tel: (34) 3236-9117

E-mail: thais@clinicadermac.com.br
Site: 
www.clinicadermac.com.br

Notícias relacionadas