Cidade Destaque Expresso

Parque Linear do bairro Luizote de Freitas será revitalizado

O contrato e a ordem de serviços foram assinados na manhã desta segunda-feira (08) na sala de reuniões da prefeitura de Uberlândia

Foto: Valter de Paula/PMU

O Parque Linear do bairro Luizote de Freitas, na zona oeste de Uberlândia receberá uma revitalização nos próximos meses. Entre as melhorias estão, deck sobre a represa, piso drenado, parque infantil, academia de ginástica, área de jogos e de descanso. O contrato e a ordem de serviços foram assinados na manhã desta segunda-feira (08) pelo prefeito Odelmo Leão, o diretor do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgoto) Cláudio Paes e a representante da Cosan Engenharia, empresa que ganhou a licitação, Valéria Silva Felice Nunes.

As melhorias orçadas em R$ 1 milhão serão custeadas pelo Dmae. O início da obra está previsto para os próximos dias e a previsão para conclusão é de quatro meses. Serão feitas adequações nas calçadas e na barragem da represa. Estudos também estão sendo feitos relacionados à complementação da iluminação no local. O secretário de Meio Ambiente, Dorovaldo Rodrigues Júnior, adiantou que há uma previsão de colocar lâmpadas de led em todo o parque, que devem ser viabilizadas por meio de uma PPP (parceria público privada).

“Esse projeto foi pensando no sentido de consolidarmos o que temos de bom no parque, por exemplo, o deck é uma inovação em que procuramos conciliar alguns elementos, materiais ecológicos. Vamos instalar no meio da vegetação existente, parecendo um deck flutuante”, afirmou Dorovaldo.

o presidente da Associação de Moradores do bairro Luizote de Freitas, Gilberto Resende, elogiou a iniciativa de revitalização e afirmou que a população só tem a ganhar com as melhorias. Ele disse também que é importante a conscientização dos moradores no que se refere ao descarte adequado de lixo.

O projeto é assinado pela arquiteta da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico Raquel Mendes Carvalho.  O parque também vai receber o plantio de mudas adequadas ao espaço, e dispositivos para lixo úmido e seco (reciclável) para que os visitantes também ajudem a preservar a natureza.

O parque foi criado em novembro de 1997, e a área de preservação que está localizada em uma das nascentes do Córrego do Óleo, é protegida desde 1980.

 

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas