Expresso Patos de Minas Regional

SAMU de Patos de Minas irá receber novas ambulâncias

Serão dois veículos novos para a renovação da frota do Serviço de Urgência e Emergência

Foto: Ascom Patos de Minas

O Prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues Alves, assinou no fim da semana passada, o Termo de Doação 633/2017, que oficializa a doação do Governo Federal de uma ambulância ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com o objetivo de renovar a frota do órgão. Outro veículo também será destinado ao Serviço de Atendimento, mas ele será comprado pela Prefeitura de Patos de Minas, com a verba de uma versão anterior do Programa de Renovação de Frota do SAMU do Governo Federal.

As ambulâncias são veículos automotores tipo furgão da marca Mercedez Benz, modelo 415 Sprinter, ano 2017/2018, no valor total de R$ 352.572,00 mil.

De acordo com o Coordenador Geral do SAMU de Patos de Minas, Alexander Gonçalves de Sousa, a ambulância irá prestar serviços móveis de urgência em toda a cidade, otimizando e elevando a qualidade do serviço prestado. “Os custos com manutenção serão reduzidos, tendo em vista a substituição de veículos velhos por novos. Com isso, os veículos correm menos risco de estragos podendo ampliar o número de atendimentos”, disse o coordenador.

De acordo com médico, serão necessários alguns dias para a adequação dos veículos que já estão no estado de São Paulo aguardando a retirada, que pode ser feita apenas por responsáveis da Prefeitura de Patos de Minas.

A quantidade de ambulâncias em utilização atualmente pelo SAMU é suficiente para o atendimento em Patos de Minas. São três ambulâncias para as três equipes de atendimento, mais três reservas e uma para atendimento na área rural. “Porém, muitas pessoas confundem o serviço como apenas um transporte sanitário, que é aquele que leva pacientes para unidades de saúde. O SAMU é mais que isso, ele deve ser solicitado apenas quando for caso de urgência e emergência, em que o paciente necessite de um atendimento no local da solicitação para, posteriormente, ser encaminhado para a unidade de saúde”, ressaltou Alexander.

De acordo com o coordenador do SAMU, é importante salientar que devido a essas solicitações, outros atendimentos podem ficar prejudicados. Tanto o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência como a Unidade de Pronto Atendimento – Porte VIII são destinados ao cuidado de casos de urgência e emergência, classificados como de risco de morte ou de atendimento imediato. Pacientes com grau menor de risco devem procurar uma UBS mais próxima de suas casas para serem atendidos.

 

Texto: Ascom Patos de Minas

Notícias relacionadas