Expresso Foco Segurança

Quatro pessoas são baleadas no bairro Pequis

Duas mulheres e uma criança de quatro anos foram atingidas por disparos de um homem armado na madrugada de quarta-feira (17)

O Jornal Express

Quatro pessoas sendo duas mulheres de 24 e 26 anos, uma criança de 04 anos e um homem de 22 anos foram baleados dentro de uma casa no bairro residencial Pequis (zona oeste) na madrugada desta quarta-feira (17). Segundo a Polícia Militar, testemunhas disseram que um homem de capacete entrou na residência e atirou contra as vítimas que estavam em um quarto da casa.

As testemunhas disseram à PM que o homem entrou na residência por volta de 1 hora da madrugada. Uma das vítimas de 22 anos, ao se deparar com o suspeito correu para um dos quartos, onde estavam as mulheres e a criança dormindo. O suspeito entrou no quarto e atirou contra as vítimas. O homem foi atingido na perna esquerda, as mulheres no pé, nádegas e na perna. A criança foi atingida no rosto e no ombro. Após os disparos o suspeito fugiu a pé.

As vítimas foram socorridas e levadas à UAI (Unidade de Atendimento Integrado) do bairro Planalto e em seguidas encaminhadas ao Pronto Socorro da UFU, onde seguem internadas. A perícia recolheu um projétil possivelmente de calibre .38, encontrado em uma das camas.

As vítimas disseram à Polícia Militar não reconhecer a autoria e o que motivou o fato. Quando os policias chegaram ao local havia uma criança de 7 anos que ficou com uma das testemunhas.

 

Ao investigar agressão Polícia Civil prende foragido de Pernambuco acusado de homicídio

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

No último dia 12 de janeiro, a Polícia Civil prendeu F.A.G.A. de 37 anos, foragido da Justiça de Pernambuco, procurado por acusação de assassinato em 2010 na cidade de Petrolina. A PC chegou ao suspeito após apurar uma denúncia de agressão contra a enteada de 14 anos. Nas investigações a PC apurou que o suspeito abusava sexualmente da menor desde quando ela tinha 13 anos. Além da acusação de homicídio, o suspeito vai responder por estupro de vulnerável. As investigações apuram agora se há envolvimento da mãe da menor na conivência com o abuso sexual.

De acordo com a delegada Alessandra Rodrigues Cunha, a apuração teve início no último dia 11 de janeiro, após o suspeito ser levado à delegacia de plantão por agressão a um enteado. Temendo a reação do envolvido, os enteados de 16 e 14 anos respectivamente, foram assistidos pelo CRAS e apresentados no dia seguinte na Delegacia da Mulher. Investigações policiais constataram a existência em Pernambuco de um mandado de prisão por homicídio contra F.A.G.A. O suspeito confessou o homicídio e foi encaminhado ao presídio Jacy de Assis.

Na coletiva de imprensa a delegada Alessandra Cunha ressaltou que a partir das oitivas, foi apurado que a enteada de 14 anos vinha sendo abusada sexualmente pelo suspeito desde os 13 anos. Também explicou que o homicídio ocorreu em 2010, em que o suspeito após uma aposta de passarinhos no jogo de baralho, assassinou outro homem com uma espingarda calibre 12. O suspeito disse que após o crime, ficou dois dias no mato e mudou-se para outra cidade na Bahia, depois para Palmas no Tocantins e por último em Uberlândia.

Segundo a delegada, o suspeito também teria ameaçado de morte o enteado de 16 anos, A companheira do suspeito após as investigações poderá responder por crime de omissão, e os filhos dela serão encaminhados aos cuidados dos avós maternos em Petrolina (PE).

 

Polícia encontra plantação de maconha em casa no Bairro Jaraguá

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Uma investigação da Polícia Civil sobre furtos e roubos de veículos, constatou no quintal de uma casa no bairro Jaraguá (zona oeste), a presença de pés de maconha na noite de segunda-feira (15). O imóvel foi monitorado por drone e averiguado pelo muro. No local havia um cão de raça Pit Bull que foi contido com a colaboração do Corpo de Bombeiros.

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Ao constatar a presença da droga no local, os investigadores adentraram ao imóvel e aprenderam vasos com a droga plantada. Na perícia constatou-se que de fato eram pés de maconha. Também foram apreendidos ali dentro um pote com maconha picada e seca, além de maconha prensada em pequena porção e um tubo com sementes para maconha, também periciados.  Um inquérito policial foi instaurado contra o morador do imóvel de 26 anos.

 

Texto: Redação

 

Notícias relacionadas