Cidade Expresso Foco

Vans escolares devem passar por vistoria obrigatória

Procedimento confere segurança aos usuários do transporte escolar e é feita pela equipe da Settran

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) realiza, até o dia 14 de fevereiro, a vistoria das vans que atuam no transporte escolar em Uberlândia. O processo é obrigatório a todos os proprietários dos 640 veículos cadastrados junto ao Município. Caso o motorista não realize o procedimento, ficará impedido de prosseguir com suas atividades.

A vistoria das vans escolares feita pela Settran visa garantir que os veículos tenham plena capacidade de transportar estudantes por Uberlândia com segurança e conforto, conforme a premissa da nova gestão municipal. Para isso, durante a inspeção, o automóvel deve preencher uma série de requisitos previstos em uma checklist.

O processo de vistoria das vans escolares em Uberlândia ocorre por exigência do decreto lei 7.328 de 1997. Dispositivo que foi implementado à época para garantir a segurança dos alunos da cidade. Os veículos que necessitam ser verificados são tanto aqueles que atuam na zona rural por meio de cooperativas quanto aqueles particulares que prestam o serviço na área urbana.

Como é feito

As vistorias acontecem das 8h às 11h, além das 13h às 17h. Os proprietários das vans precisam, inicialmente, procurar o Núcleo de Serviços de Taxi e Transportes Diversos, na Rua Maria Dirce Ribeiro, 476, bairro, Santa Mônica, onde deve apresentar a documentação. O passo seguinte é agendar um horário pelo telefone 34 3210-6923. O trabalho ocorre em um galpão com a estrutura adequada para a vistoria, localizado na avenida Afonso Pena, 4.814, no bairro Umuarama.

Parte mecânica, pneus, faróis, direção, condição dos estofamentos, freio, extintor, tacógrafo, quitação de taxas e impostos, dentre outros, são alguns dos itens que são checados. Caso a van vistoriada preencha todas as exigências, um novo selo oficial confirmando a regularidade é fixado no veículo. Já se alguma desconformidade for detectada, o motorista tem até dez dias para fazer adequações e retornar ao processo de vistoria. “Os pais têm de estar atentos em relação à regularidade do veículo dos motoristas que atendem seus filhos”, disse Ubiratan Floriano, diretor de Fiscalização e Transportes.

Floriano destaca a importância do engajamento dos motoristas para o sucesso do processo. “No ano passado, precisamos dobrar o tempo inicialmente estimado para as vistorias porque muitos proprietários não agendaram no tempo hábil. Sugerimos que todos façam o mais rápido possível para garantir o conforto de todos durante a vistoria”, explicou.

Vistoria obrigatória de vans escolares (1º semestre de 2018)

Período: até 14 de fevereiro

Alvo: 640 motoristas do transporte escolar de Uberlândia
Objetivo: verificar condições dos veículos que prestam o serviço para garantir segurança e conforto aos alunos
Processo: motoristas devem procurar o Núcleo de Serviços de Taxi e Transportes Diversos (rua Maria Dirce ribeiro, 476, Santa Mônica); após apresentação dos documentos exigidos, deverão agendar a vistoria por telefone dentro do prazo estabelecido para o processo
Resultado: vistoriados terão permissão para prestar o serviço por mais seis meses; não vistoriados serão autuados e poderão ter problemas para renovar permissão
Informações: 3231-5634 / 3231-3563

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas