Destaque Expresso Painel Política

Alexandre Nogueira aponta economia de recursos próximo a 25% no Legislativo e recorde na aprovação de projetos

Em 2018, presidente do Legislativo destaca mais transparência da Casa de Leis com transmissão de licitações ao vivo e ações para a Câmara estar mais perto da população

Foto: Denilton Guimarães /CMU

Ao fazer um balanço das ações do Legislativo em 2017, o presidente Alexandre Nogueira destacou a economia de cerca de 25% das despesas da Casa de Leis como ponto positivo de sua gestão. Ele também apontou a eficiência na aprovação de projetos, requerimentos e pedidos de informações. Para 2018, o presidente ressalta a continuidade da parceria com o Executivo em busca de melhorias para Uberlândia.

Neste ano, a Casa de Leis passará por algumas reformas como a troca do sistema de ar condicionado, e também terá mais transparência nas licitações com transmissões ao vivo. Nogueira destacou também as ações da Escola do Legislativo como o parlamento jovem. Iniciativas que contribuem no aumento da consciência política por parte da população. Confira abaixo os principais trechos da entrevista.

Economia de recursos

“A Câmara de Uberlândia provou que foi o inverso do que aconteceu no país. A economia da Câmara chegou quase aos R$ 12 milhões. Um marco histórico na economia. Com isso, o Legislativo fez a devolução de recursos à prefeitura, ajudando o prefeito a enfrentar os problemas de caixa que ele teve em 2017.

“Dos recursos recebidos pelo Legislativo, quase 25% foi devolvido ao Executivo. É algo inédito para a história da Câmara Municipal de Uberlândia. O Legislativo tem feito economia em todos os níveis, por exemplo com a verba indenizatória, gastos com combustível com maior transparência”.

Resultados em 2017 e perspectivas para o ano corrente

“No Legislativo, 2017 foi o ano em que mais aprovamos projetos dos vereadores, do Executivo, requerimentos, pedidos de informações. Foi um ano em que a Câmara foi muito produtiva. Batemos recordes em apresentação e aprovação de projetos.

“Nós entendemos que o país está passou por um período difícil economicamente em 2017, mas, em 2018, tenho certeza que vai melhorar. Sabemos que 2018 será um ano mais tranquilo para o prefeito. Haverá na prefeitura um acréscimo de resultados devido à nova forma de divisão dos ISS no Estado de Minas Gerais. Ele terá um incremento, além do crescimento da economia. Uberlândia hoje é uma cidade que tem gerado mais empregos”.

Parceria com a prefeitura

“A Câmara tem uma parceria com o Executivo para aprovar os projetos que trazem benefícios a toda sociedade Uberlandense. Nós entendemos que são bons projetos que trarão mudanças para a cidade de Uberlândia, como na Infraestrutura viária. Uberlândia está saindo a frente novamente do Brasil quando se diz em relação à crise”.

Transparência nas licitações

“Em 2018, vamos transmitir ao vivo pela internet todas as licitações para uma melhor transparência nos processos. Se a licitação ocorrer durante as sessões, elas serão gravadas e transmitidas em seguida para a população acompanhar e saber como funciona. Este é o grande desafio do gestor público é a transparência na gestão pública. Isso é que estamos buscando”.

Credibilidade do Legislativo

“Ao transmitir as licitações, mostrando como funciona, quantas empresas participam. Como foi a batalha por preço, se é uma licitação eletrônica ou presencial. Se é uma licitação técnica. As pessoas vão entender mais sobre o processo licitatório. A transparência com a licitação é o caminho para que a gente possa trazer as pessoas. Assim, elas vão se inteirar e conviver com a política”.

Aproximação com a população

“Quando você traz as pessoas para a Câmara, principalmente o jovem. Eles conhecem o parlamento por meio da Escola do Legislativo, como o parlamento jovem, nós entendemos que amplia o conhecimento e no futuro as pessoas que participam vão votar melhor. Realmente conhecem seus representantes e qual a finalidade do trabalho e vão saber votar melhor.

“Temos que trazer as pessoas para a Casa de Leis e mostrar verdadeiramente como funciona, porque hoje, infelizmente, atrás de um celular, um computador as pessoas julgam de todas as maneiras. A meu ver um julgamento deve ser feito com qualidade. Opinar é sempre bom, mas é importante opinar sobre aquilo que a pessoa entende. Mais uma vez quero dizer que o intuito é trazer o povo para ele participar, saber como funciona o Legislativo e o que faz um vereador”.

 

Reformas no plenário e no imóvel do Legislativo

“Estamos remodelando o espaço com reformas no plenário. Na parte de cima vamos colocar a parte da imprensa para os profissionais da casa. Estamos trocando as portas de vidro que passarão a ser portas automáticas, que sempre foi uma reivindicação de todos. Também vamos fazer a reforma de baixo do plenário para atender os profissionais da comunicação da melhor forma possível.

“Neste ano temos um projeto de trocar o ar condicionado de todo o imóvel. Por estar obsoleto tem dado problemas de funcionamento. O prédio tem mais de 20 anos então vamos trocar as instalações do ar condicionado de toda a estrutura da Casa. É um desafio nosso porque não é fácil fazer em um ano.

“Fizemos licitação para trocar todas as portas da Câmara, algumas estão com problemas com o objetivo de cuidar e melhorar o imóvel do Legislativo”.

Projetos apresentados pelo presidente

“Apresentei e aprovamos projetos como o de mais proteção às mulheres em que os filhos de vítimas de violência doméstica de natureza física ou sexual tem reserva de vagas em creches municipais e conveniadas da cidade.

“Também aprovamos o projeto que proíbe a cobrança de taxas de emissão de registro de diplomas e outros documentos comprobatórios pelas instituições educacionais”.

 

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas