Expresso Foco Saúde

Vacinação no Terminal Central e no Parque do Sabiá contra febre amarela termina hoje (9)

Ação busca alcançar pessoas que ainda não tiveram condição de ir às unidades de saúde

Foto: Araípedes Luz/SecomPMU

Termina hoje (9) a vacinação contra a febre amarela no Terminal Central e no Parque do Sabiá. Os pontos extras de imunização foram disponibilizados desde a última segunda-feira no intuito de facilitar o acesso da vacina à população, principalmente àqueles que não tiveram condições de ir às unidades de saúde.

A imunização é a única forma de ficar protegida contra a doença, por isso, houve a intensificação das ações em locais com grande fluxo de pessoas, segundo explicou a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Cláubia Oliveira. “A febre amarela é uma doença grave e pode matar. Queremos atingir a meta de 95% de cobertura vacinal, deixando a população protegida. Intensificamos nossas atividades, em busca daquelas pessoas que ainda não estão imunizadas, e facilitamos o acesso de todos, inclusive de quem trabalha e não teve condição de ir às unidades”, apontou.

No Terminal Central, os pontos de vacinação volantes estarão próximos à Praça de Alimentação e em uma das plataformas, das 7h às 9h e das 16h às 20h. No Parque do Sabiá, a imunização acontece das 16h às 20h no quiosque multiuso, que está na entrada do bairro Tibery.

Zona Rural

A comunidade da zona rural também permanece sendo atendida pelo Programa de Imunização. Para certificar que toda a população está protegida e averiguar o cartão de vacina, será realizada uma varredura, de fazenda em fazenda, a partir do dia 17. “No ano passado, fomos em  todas as propriedades para verificar o cartão de vacina e percorremos cerca de 10 mil quilômetros, só na zona rural, com intuito de evitar a transmissão do vírus da febre amarela. Agora voltaremos novamente para certificar que todos estão imunizados. Só que para alcançar um maior número de pessoas, em especial o trabalhador do campo, realizaremos essa atividade ampliada”, reforçou Cláubia Oliveira.

Duas frentes de combate

Além das 70 salas de vacinação e do horário estendido nas unidades de saúde, a Prefeitura de Uberlândia adotou novas medidas para fortalecer o combate ao Aedes aegypti. Ainda assim, o envolvimento da população é fundamental para que essas ações alcancem os resultados esperados. “É um trabalho que é realizado em duas frentes, com a vacinação e combate ao mosquito transmissor. Estamos falando de uma doença muito grave e é essencial que todos estejam protegidos”, finalizou a coordenadora.

 

Fique ligado!

O quê? Vacinação no Terminal Central e no Parque do Sabiá

Quando? Até hoje (9 de fevereiro)

Quem pode vacinar? Pessoas acima de 9 meses que ainda não receberam dose da febre amarela

Para mais informações sobre a doença e a vacina, clique aqui.

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas