Expresso Patos de Minas Regional

Aprimoramento na gestão do programa Bolsa Família garante benefícios para famílias de baixa renda

De maneira rápida e sem burocracia, 253 mil novas famílias foram incluídas no programa

Foto: Patrick Grosner/MDS

O Ministério de Desenvolvimento Social se destacou no aperfeiçoamento do processo de gestão dos benefícios e dos instrumentos de análise e busca de famílias do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Com a fila de espera zerada pela 8° vez, o benefício chega com mais agilidade para as famílias de baixa renda.

Todos os cidadãos beneficiários, que procuraram os gestores do Cadastro Único e possuíam informações atualizadas e corretas, entraram no programa de maneira rápida e sem burocracia, gerando um total de 253 mil novas famílias incluídas.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a melhoria da gestão do programa é uma preocupação do Governo Federal, já que é voltado para as famílias de baixa renda. “Pessoas que não deveriam ter entrado saíram, e aquelas que realmente precisavam passaram a receber. Com isso, no começo do ano do ano passado zeramos a fila pela primeira vez na história do Bolsa Família. Isso foi um grande avanço e uma revolução dentro do programa”, destacou o ministro.

Na tentativa de facilitar o acesso das famílias aos registros, a página Consulta Cidadão, lançada no ano passado, disponibiliza os dados do Bolsa Família e Cadastro Único de acordo com o município, incluindo a evolução local das ações.

 

Texto: Ascom Patos de Minas

Notícias relacionadas