Expresso Patos de Minas Regional

Programa de Combate à Dengue realiza mutirão de recolhimento e palestra educativa

O Programa de Combate à Dengue realiza várias ações com o intuito de alertar a população sobre como combater a proliferação do Aedes aegypti

Foto: Ascom Patos de Minas

As ações de combate ao mosquito da dengue realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do Programa Municipal de Combate à Dengue (PMDC), se multiplicam pela cidade e visam à eliminação de focos e de possíveis criadouros do Aedes aegypti, além de conscientizar a população sobre os perigos das doenças transmitidas por ele.

Uma das atividades realizadas pelos agentes de endemias foi realizada, nessa terça-feira (20). Uma palestra educativa foi ministrada no auditório do Bloco N no Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam). Na palestra educativa direcionada aos funcionários da instituição educacional, os agentes de combate às endemias explicaram sobre o ciclo evolutivo do mosquito, as doenças transmitidas, os sintomas e como cada cidadão pode agir no combate ao mosquito. Após a apresentação, os colaboradores tiveram suas perguntas respondidas e as dúvidas esclarecidas.

Outra ação realizada foi o mutirão de recolhimento de materiais que podem acumular água e servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, que aconteceu no bairro Barreiro. Os agentes coletaram materiais inservíveis como lonas, sacolas plásticas, garrafas PET, latas, lixo doméstico e outros recipientes que haviam sido descartados de forma inadequada nos terrenos baldios do bairro. Os materiais recolhidos foram devidamente armazenados em sacos de lixo para recolhimento pelo caminhão de coleta.

Os agentes alertaram sobre a importância da colaboração da população no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela e conscientizaram que, se cada um tirar dez minutos na semana para vistoriar sua residência e seu local de trabalho, é possível eliminar criadouros do mosquito e com isso que as doenças se instalem no município.

 

Texto: Ascom Patos de Minas

Notícias relacionadas