Cultura Expresso Foco

Projeto ‘Choro na Feira’ movimenta feira livre da avenida Monsenhor Eduardo

Apresentação está programada para o próximo domingo (25), a partir das 10h

Foto: Wesley Caiapó – Divulgação

Estabelecer o choro como um gênero musical de Uberlândia, com a formação de público e o enriquecimento cultural de um dos comércios mais tradicionais do município. É com essa premissa que surge o projeto “Choro na Feira”, que promove apresentações em diversos setores do município. Neste domingo (25), a partir das 10h, será a vez da feira livre da avenida Monsenhor Eduardo contar com a atração.

Canções centenárias

Aprovado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC), o projeto reúne artistas do grupo Pulo de Gato, formado por Cecília Ramos (flauta), Dudu (violão), Neil (violão sete cordas), Caetano (cavaquinho) e Maria Angélica (pandeiro). Entre diferentes acordes, ritmos e timbres musicais, canções centenárias como de Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha pedem passagem junto ao público que marca presença na feira livre.

Nova realidade

Esta será a sexta apresentação do grupo em Uberlândia. Para a musicista e produtora musical, Maria Angélica de Oliveira, o apoio conquistado junto ao PMIC foi essencial para que o projeto ganhasse novas proporções no cenário artístico local.

“É algo que nos deu uma nova forma de ampliar o acesso a esse ritmo tão importante para a nossa cultura. Estamos falando da legítima música popular brasileira. Começamos em 2016 e hoje fazemos, em média, três apresentações por mês. Uberlândia é uma cidade que tem um potencial musical imenso. Acredito que o choro precisa de força e continuidade e esperamos o envolvimento de todos para fazer isso acontecer”, disse.

De acordo com a secretária municipal de Cultura, Mônica Debs, a expectativa é que este ritmo seja ainda mais valorizado pela população. “É um projeto de suma importância que visa estabelecer o choro como um gênero musical dentro da cidade e que proporciona música de qualidade gratuita para todos”, afirmou.

 

Prestigie!

O quê: Choro na Feira

Quando: domingo (25), das 10h às 12h

Onde: Feira Livre da avenida Monsenhor Eduardo (barraca de pastel da Dona Divina e Ronaldo)

Apoio: Secretaria Municipal de Cultura

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas