Expresso Regional Uberaba

Equipe do U+20 recebe representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento

Em reunião com PNUD nesta segunda-feira, trabalho para consolidar parceria teve perspectivas positivas para o alinhamento de plano de trabalho

Foto: Neto Talmeli

O prefeito Paulo Piau e a equipe do U+20 se reuniram nesta segunda-feira com representantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), para traçar diretrizes objetivando consolidar parceria de cooperação técnica entre a agência e o município. O PNUD é a agência líder da rede global de desenvolvimento da ONU e trabalha principalmente pelo combate à pobreza e pelo Desenvolvimento Humano. A equipe do U+20 coordena os grupos de trabalho do planejamento de Uberaba para daqui 20 anos, e fazem parte do Conselho da Cidade.

A reunião teve a presença da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Uberaba, Parque Tecnológico, Secretaria de Gestão e Planejamento Urbano e equipe de Orçamento. Representando a equipe de apoio a estratégias de localização dos ODS da PNUD, esteve presente Lívia Maria da Costa Nogueira e, em videoconferência, Ieva Lazareviciute.

À agência da ONU, a equipe do U+20 contextualizou o planejamento e os estudos que são base para o desenvolvimento do projeto. Também foi destaque a criação do Anuário U+20, “Visão Uberaba 2037”, elaborado ao longo dos últimos dois anos por cidadãos representantes da comunidade e das instituições acadêmicas, empresariais e governamentais, retratando os sonhos para o futuro do município, em todas as áreas possíveis.

Indo ao encontro da visão do PNUD, Lívia Nogueira falou sobre a história da Agenda 2030 e sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, conhecidos como ODS. Ela esclareceu, na oportunidade, o que o PNUD tem a oferecer e de que forma a realização de um diagnóstico poderá auxiliar o município de Uberaba, dentro da visão de planejamento.

Foto: Neto Talmeli

Avaliando positivamente a reunião, Lívia destacou que é visível o real interesse e disponibilidade do município.“Tivemos a presença do prefeito, secretários e representantes de instituições importantes da cidade, então a gente percebe que há um importante interesse em gerar o desenvolvimento da localidade. Há um conhecimento profundo de que é necessário fazer um diagnóstico e um planejamento, e que isso deve estar vinculado com o PPA e as leis orçamentárias, e percebemos uma sintonia de visões institucionais entre o PNUD e a Prefeitura de Uberaba, que está de parabéns pelo interesse e pela vontade de gerar o desenvolvimento local”.

O prefeito Paulo Piau destacou a importância da busca de parceria com uma organização que congrega mais de 200 países no mundo. “Uberaba, com o U+20, já está pensando na cidade para daqui a 20 anos, e precisamos nos aprimorar inclusive no planejamento de curto prazo, que é o PPA, a Lei Orçamentária Anual e a Lei de Diretrizes Orçamentárias, para definir prioridades. A ONU vem, com os 17 ODS, dar uma metodologia para que a gente tenha resultados e metas a cumprir, e os maiores problemas que Uberaba tiver vamos buscar saná-los de uma maneira conjunta, buscando recursos e apoio. A presença do PNUD nesta reunião foi o primeiro encontro interno, e na próxima oportunidade com certeza a ONU vai estar aqui para um encontro maior, envolvendo a sociedade civil organizada. Estamos em um bom caminho para melhorar a vida efetiva dos uberabenses, principalmente das pessoas que mais precisam”, avalia o prefeito.

PNUD – Presente em 166 países do mundo, o PNUD colabora com governos, iniciativa privada e sociedade civil para ajudar as pessoas a construírem uma vida mais digna.Em todas as suas atividades, o PNUD encoraja a proteção dos direitos humanos e a igualdade de gênero e raça. Desde 2000, o programa fomenta também o comprometimento e a discussão em prol do alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Presente no Brasil desde a década de 60, a atuação do PNUD no país tem tido como temas centrais o desenvolvimento de capacidades, ciência e tecnologia, a modernização do Estado e o fortalecimento de suas instituições, o combate à pobreza e à exclusão social, a conservação ambiental e uso sustentável de recursos naturais.

Através do desenvolvimento e implementação de projetos de cooperação técnica em parcerias com instituições nacionais, o PNUD Brasil visa apoiar: implementação de políticas para fortalecer setores críticos para o desenvolvimento humano; promoção dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio; desenvolvimento de capacidades institucionais nos governos federal, estaduais e municipais; e fortalecimento do papel da sociedade civil e do setor privado na busca do desenvolvimento humano e sustentável.

 

Texto: Decom PMU

Notícias relacionadas