Posts

Expresso

No Chile, papa diz ter ‘vergonha’ por casos de abuso sexual e pede perdão

Em sua primeira fala após chegar no Chile, o papa Francisco pediu desculpas pelos casos de abuso sexual cometidos por padres no país.

Foto: Giuseppe Ciccia/Brazil Photo Press/Folhapress

“Não posso deixar de manifestar minha dor e vergonha frente ao irreparável dano causado às crianças por parte de ministros da Igreja”, afirmou o pontífice em discurso feito nesta terça-feira (16) ao lado da presidente chilena Michelle Bachelet e outras autoridades.

“Eu estou com meus irmãos bispos para pedir perdão e fazer todos os esforços para apoiar as vítimas, enquanto nos comprometemos a garantir que isto nunca volte a acontecer”, disse ele no palácio presidencial.

O escândalo de abuso sexual no Chile derrubou a popularidade da Igreja Católica no país e se tornou o principal assunto da visita do papa.
Atualmente, apenas 45% dos chilenos se declaram católicos, uma queda de 20 pontos percentuais em relação a 2010. No país, ele tem ainda sua pior avaliação em toda a América Latina, com nota de 5,3, contra uma média de 6,8 na região, segundo pesquisa do Latinobarómetro.

O escândalo de abuso sexual no Chile começou com as denúncias contra o padre Fernando Karadima, 87, em 2010 e a falta de uma resposta rápida do Vaticano.

Só um ano depois do início das acusações, o padre foi condenado por ter abusado de 75 menores e afastado da Igreja.
Os chilenos, porém, reclamaram da falta de punições às autoridades religiosas que acobertaram o caso. A principal crítica é em relação ao bispo Juan Barros, indicado em 2015 por Francisco para comandar diocese de Osorno, no interior do país e acusado de ter ter protegido Karadima, seu antigo mentor.

O padre nega as acusações e o bispo diz que não sabia das ações de Karadima.

O clima de desconfiança em relação ao pontífice chegou ao ápice na sexta (12), quando quatro igrejas foram atacadas no país, o que fez o governo ir a público para garantir a segurança do papa.

Francisco chegou a Santiago na noite de segunda (15), na primeira visita de um pontífice ao país em três décadas. Depois, ele irá ainda para o Peru antes de retornar para o Vaticano.

 

Texto: Folhapress

Expresso

Procuradoria pede pena de 387 anos a Cunha por desvios na Caixa

O Ministério Público Federal em Brasília pediu a condenação do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ) a 387 anos de prisão por crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Foto:Alan Marques/Folhapress

O requerimento consta das alegações finais apresentadas na ação penal que apura o envolvimento do ex-deputado em esquema de cobrança de propina e desvio de recursos da Caixa Econômica Federal.

A sentença sobre o caso deve sair até o mês que vem.
A punição alta sugerida para Cunha se deve ao fato de o Ministério Público ter usado o critério de concurso material, ou seja, a soma das penas privativas de liberdade referentes a cada crime. Só pela corrupção ativa, a proposta é de 192 anos.

A Procuradoria da República no Distrito Federal, autora da ação, requer também penas altas para o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (MDB-RN), acusado de atuar em conluio com Cunha e de receber propinas no esquema: 78 anos de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Apesar das punições altas sugeridas, no Brasil a lei prevê que o tempo máximo de prisão é de 30 anos.

MULTAS
O Ministério Público também requer o pagamento de multas de R$ 13,7 milhões por Cunha e de R$ 3,2 milhões por Alves, o que corresponde, em cada caso, a duas vezes as propinas a eles atribuídas.

O documento solicita ainda a perda de funções públicas dos envolvidos e de bens obtidos por meio de crimes.

O Ministério Público sustenta que os dois emedebistas, atualmente presos, são criminosos em série, que fazem “da política e da vida pública um caminho para a vida delituosa”.

“Restou demonstrado no curso da ação penal que Cunha e Alves possuem personalidades voltadas para o crime, para a corrupção em seu sentido mais amplo. São pessoas que não demonstraram ou comunicaram, ao menos até o presente momento, qualquer arrependimento por seus crimes”, diz trecho do documento.

As punições sugeridas para os demais envolvidos são menores, em função de terem firmado acordos de delação premiada e colaborado com as investigações: 32 anos de reclusão para o corretor Lúcio Funaro, 32 anos para o ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto e dez anos e oito meses para Alexandre Margotto, ex-parceiro de negócios de ambos.

Os termos pactuados com o Ministério Público limitam, no entanto, as penas máximas a 30 anos para Funaro, dez anos para Cleto e nove anos para Margotto. Nenhum deles, segundo a proposta dos procuradores, pagará multas.

Em março do ano passado, Cunha já foi condenado a 15 anos e quatro meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas por desviar recursos da Petrobras.

O advogado de Cunha, Délio Lins e Silva, classificou a peça do Ministério Público é “fantasiosa”. Ele disse que a defesa provará a improcedência das acusações em suas alegações finais.
O defensor de Alves, Marcelo Leal, não atendeu aos telefonemas da reportagem.

 

Texto: Folhapress

Cidade

Estudantes constroem carro off-road para competição de Engenharia

Além de ajudar no aprendizado, o projeto prepara os estudantes para o mercado de trabalho

A equipe deve projetar e construir um veículo monoposto, off-road e esportivo (Foto: Lucas Cardoso)

Pode parecer apenas um esporte automobilístico, como rali, mas na verdade é um projeto de extensão dos cursos de Engenharia da UFU. No laboratório eles desenvolvem o que aprendem nas aulas construindo um carro off-road para participar de competições da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE).

“Esse projeto é desenvolvido por alunos de Engenharia Mecânica, Mecatrônica e Aeronáutica. Nós temos alunos também da Faculdade de Engenharia Elétrica e da Faculdade de Computação. É uma proposta que é feita aos estudantes de Engenharia para construção de um veículo off-road para a gente participar de uma competição nacional e manter uma etapa regional para construir, então, esse off-road, que tem que oferecer algumas condições mínimas de segurança para o piloto e também tem que ter um bom desempenho em todas as provas que são propostas”, afirma o supervisor Daniel Dall’Onder, professor de Engenharia Mecânica.

A equipe deve projetar e construir um veículo monoposto [com apenas um lugar para sentar], off-road [expressão derivada do inglês que significa “fora de estrada”; refere-se a atividade esportiva ou automobilística realizada em locais não pavimentados e de difícil acesso] e esportivo.

O veículo deve ser um protótipo para uma produção estimada em 4 mil unidades por ano, pois as competições avaliam a viabilidade de se produzir os veículos dos competidores em grande escala, simulando a indústria automotiva. O carro deve também buscar desempenho líder de mercado em termos de velocidade, manobrabilidade, conforto e robustez em terreno acidentado.

A próxima competição vai ocorrer entre os dias 22 e 25 de fevereiro, em São José dos Campos. Os alunos são avaliados em seis subgrupos: eletrônica, estrutura, freio, direção e suspensão, marketing e powertrain [que inclui motor, transmissão e sistema de transmissão, componentes que atuam no movimento do carro].

Com o projeto multidisciplinar, cada Engenharia ajuda a contribuir com o conhecimento da área. “A Engenharia Elétrica contribui na parte da instrumentação do carro. Ou seja, com diversos sensores espalhados pelo carro a gente consegue adquirir informações úteis para o piloto, como velocidade, distância percorrida, indicação de reserva de combustível e outras informações como, por exemplo, manutenção da bateria. Enfim, informações úteis para o piloto que estão no carro comum mesmo”, diz o aluno Guilherme Aber, de Engenharia Elétrica.

Para o estudante de Engenharia Mecatrônica Jhonatan de Oliveira, que também é piloto, a experiência vai além da adrenalina em correr nas competições. Foi no projeto que ele desenvolveu o conhecimento em automobilística. “Quando eu entrei no projeto eu não sabia praticamente nada. Hoje eu já sei em geral como funciona um carro praticamente inteiro. É muito útil a parte prática para o estudante de Engenharia. A gente tem os laboratórios aqui, só que acaba que a gente fica meio limitado às aulas. Aqui no Baja não, aqui a gente tem a oportunidade de estar 24 horas nesse ambiente de oficina aqui, pondo a mão na massa e aprendendo como acontece fora da universidade.”

Além de ajudar no aprendizado, o projeto prepara os estudantes para o mercado de trabalho. “A motivação dos estudantes, como eu falei, eles veem em sala de aula e conseguem aplicar isso na prática, na hora de procurar emprego também muitas indústrias valorizam muito estudantes que tenham participado de projetos desse tipo e a gente leva o nome da universidade para as competições. Então, quando a gente tem bons resultados isso é uma vitrine ótima para os alunos e para a universidade”, afirma o professor Dall’Onder.

 

Texto: Comunicação UFU

Expresso

Secretaria de Educação divulga edital de contratação para preenchimento de vagas remanescentes

Os profissionais contratados irão atuar em unidades de ensino da rede municipal

Foto: Divulgação

Durante toda a semana passada, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) tem realizado reuniões a contratação de profissionais de educação para atuarem na rede municipal de ensino. O processo, dessa primeira etapa chegou ao final e, nesta segunda-feira (15), houve a divulgação de um novo edital de convocação para preenchimento das vagas remanescentes para contrato.

Os interessados irão concorrer a vagas de Educador Infantil, Supervisor Educacional, Professor de Educação Básica – Educação Infantil, Anos Iniciais e Finais de Ciências, Geografia, História, Língua Estrangeira Moderna – Inglês. Há também vagas para Professor de Educação Básica – Apoio, porém, para este cargo os aprovados deverão comprovar ter feito os cursos de Soroban e Braille.

Com a divulgação deste edital, a Semed pretende preencher todas as vagas remanescentes disponíveis e, assim, iniciar o ano letivo com todos os profissionais contratados em atuação nas 15 escolas da rede municipal de ensino e nos 18 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

De acordo com o artigo 3º da Lei Complementar nº 461/2014, o recrutamento de pessoal a ser contratado será feito através das listas de candidatos aprovados em concursos públicos ou processos seletivos que ainda estejam em vigor. Os candidatos interessados deverão chegar 10 minutos antes do horário de seu segmento e apresentar no ato da contratação: documento de identificação, documentos originais que comprovem a escolaridade para o cargo pretendido; diploma ou declaração acompanhada de histórico escolar.

Clique aqui e confira o edital!

 

Texto: Ascom Patos de Minas

Cultura

Recorde no cinema nacional, “O Menino Maluquinho” é atração gratuita no retorno do Cineclube

Filme será exibido nesta terça-feira (16), às 18h, no Shopping Park

Foto: Divulgação

O primeiro Cineclube do ano traz para o Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) do bairro Shopping Park um sucesso de público nas telonas do Brasil. Atração para toda a família, “O Menino Maluquinho” é opção gratuita para entreter e se divertir com as aventuras do garoto travesso, nesta terça-feira (16), a partir das 18h.

 

De férias na casa do vovô

Interpretado por Samuel Costa, Maluquinho poderia ser um garoto como qualquer outro da sua idade. Brincalhão, esperto e levado, adora brincar e pregar peças nos amigos, e se divide entre as corridas de carrinho de rolimã e outras brincadeiras. De família de classe média, realiza todas as fantasias da sua infância, mas é pego de surpresa com a separação dos pais. Eis que surge o Vovô Passarinho (Luiz Carlos Arutin), que decide levá-lo para passar as férias na fazenda. No campo, o menino vive diversas aventuras e passa por experiências que carregam lições para toda a vida.

 

Recorde de bilheteria

Inspirado no livro homônimo de Ziraldo, o filme foi lançado em 1995, ano em que faturou recorde de bilheteria na dramaturgia infantil ao levar mais de um milhão de espectadores aos cinemas brasileiros. Opção para todas as idades, o filme é dirigido por Helvécio Ratton.

 

Prestigie!

Cineclube Cultura

Filme: ‘O Menino Maluquinho’ (1995)
Gênero: aventura, família
Direção: Helvécio Ratton
Quando: terça-feira (16), às 18h,
Onde: CEU Shopping Park, rua Juvenília Mota Leite, 700, bairro Shopping Park
Classificação indicativa: livre

 

Texto: Secom PMU

Destaque

Settran disponibiliza linhas de ônibus especiais para estreia do UEC no Campeonato Mineiro

Veículos farão os trajetos Terminal Central – Estádio Parque do Sabiá e Terminal Santa Luzia – Estádio Parque do Sabiá, das 19h às 22h30 desta quarta-feira (17)

Foto: Divulgação

Na próxima quarta-feira (17), o Uberlândia Esporte Clube (UEC) fará sua estréia no Campeonato Mineiro 2018 (Módulo 1) contra o URT de Patos de Minas. Para atender a demanda do jogo que acontece no estádio Parque do Sabiá, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) disponibilizará duas linhas especiais de ônibus.

A linha S907 fará o trajeto Terminal Santa Luzia – Estádio Parque do Sabiá, das 19h às 23h, enquanto a linha S917 fará o trajeto Terminal Central – Estádio Parque do Sabiá, também das 19h às 23h.

Os interessados em embarcar no Terminal Central devem esperar a condução na plataforma da linha A105. Já os que utilizarão o Terminal Santa Luzia devem utilizar a baia das linhas I231 e I232. Os veículos farão a parada no ponto localizado em frente ao palco do jogo, na avenida Anselmo Alves dos Santos, bairro Tibery.

 

 

Confira o serviço que será oferecido aos usuários:

 

Linha

 

Data Horário
 

S907

 

Quarta-feira (17)

 

 Trajeto Terminal Santa Luzia – Estádio Parque do Sabiá 19h às 22h30
S917  

Quarta-feira (17)

 

Trajeto Terminal Central – Estádio Parque do Sabiá 19h às 22h30

 

 

Texto: Secom PMU

Cultura

Com inúmeras atrações, Mercado Municipal é ponto de cultura, lazer e compras

Cartão postal da cidade atrai diariamente uma infinidade de turistas e moradores da cidade

Foto: Marco Crepaldi – Secom PMU

No auge dos seus 74 anos, ele segue mais vivo e querido do que nunca. Aliás, como uma das famosas cachaças expostas em seus galpões, ele fica ainda melhor com o tempo. É em meio a uma charmosa arquitetura e uma infinidade de atrações que o Mercado Municipal tornou-se, ao longo do tempo, roteiro certo no itinerário de cada visitante ou morador do município. Uma verdadeira celebração à cultura mineira no Centro da cidade, materializada em queijos, doces e inúmeras outras iguarias típicas do estado.

Um dos cartões postais de Uberlândia desde 1944, o Mercado reúne milhares de produtos dotados de extrema singularidade, expostos em blocos dos mais diferentes perfis, sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos. Quem passa por seus corredores se depara com variadas opções. Um mel de qualidade para adoçar a rotina, um rústico amolador de facas feito de pedras, um sabonete natural extraído de flores do Cerrado, um tradicional pilão esculpido por mãos hábeis, temperos que aguçam o olfato dos visitantes e tantos outros produtos em tradicionais pontos de venda.

 

Tesouros mineiros

Foto: Marco Crepaldi – Secom PMU

 

Uma grande procura fica por conta das valorizadas cachaças mineiras. Só a barraca de João Campos Andraus oferece (há 18 anos aproximadamente) 500 variedades da bebida regional. São opções que variam de R$10 até R$1,6 mil. “Recebemos inúmeros turistas todos os dias, ainda mais agora em janeiro. Por isso, a gente tenta preservar ao máximo esse espaço, oferecendo qualidade, bom preço e um atendimento especial”, comentou.

Jonas Cherulli, morador da cidade paranaense de Ponta Grossa, aproveitou a tarde desta segunda-feira (15) em Uberlândia para passear no mercado com a esposa e as filhas. Entre as várias sacolas de compras, uma tinha um sabor especial. “O doce de leite daqui não tem igual. É algo que eu espero o ano inteiro para vir comprar. Como dizem os mineiros, é um trem danado de bom”, confidenciou.

 

Tradição que passa por gerações

Foto: Marco Crepaldi – Secom PMU

E quem entende do quitute é incapaz de negar tal afirmação. Há 50 anos, o Box do Chico oferece uma infinidade de doces e queijos pra quem vive ou visita a cidade, como é o caso da família de Jonas. Fundada por Francisco Antônio e sua esposa Aparecida de Paula, a venda hoje é administrada por um dos netos do casal. Aparecida, hoje com 92 anos, ainda relembra com carinho todo o início das atividades. “O Mercado é uma parte importante da minha vida. Tudo que temos foi tirado daqui. Foi o fruto de sustento dos meus sete filhos, por isso ainda guardo tanto carinho”, comentou.

Atendimento diferenciado

 

Foto: Marco Crepaldi – Secom PMU

Em janeiro, faz 18 anos que o artesão Robson Miranda Brito alegra o Mercado com seus brinquedos artesanais. A coleção é capaz de despertar sorriso nos pequenos e a nostalgia nos grandes. Diferentemente de lojas convencionais, no local todas as crianças são liberadas a brincar com as criativas opções.

“Produto por produto, qualquer lugar oferece. Mas aqui atendemos de forma diferente. É um local onde as pessoas sentam e conversam. Se eu fechasse isso aqui, acho que sentiria muita falta das amizades diárias e das crianças”, disse Robson.

Cultura e entretenimento

Foto: Marco Crepaldi – Secom PMU

Além do comércio tradicional, o Mercado Municipal é palco de shows musicais, apresentações teatrais, exibições de filmes, exposições de artes visuais e performances. O Espaço Cultural, localizado no segundo piso, é um ambiente com auditório e sala de artes, projetado para celebrar diferentes manifestações.

Outro detalhe de grande interesse público são as tradicionais rodas de samba que acontecem aos fins de semana, nas áreas próximas aos bares e restaurantes instalados no local, com a presença de centenas de pessoas a cada realização.

O Mercado tem, ainda, açougues, barbearia, opções em gastronomia, tabacaria, engraxataria e outras opções.

 

Visite!

Mercado Municipal de Uberlândia:

Onde: Rua Olegário Maciel, 255, no Centro

Horário de funcionamento:

Bloco – segunda a sábado, das 8 às 18h. Domingo, das 8h às 12h30 (bloco)

Espaço Cultural – segunda a sexta, das 12 às 17h

Obs: Outros estabelecimentos, como bares, possuem horários diferentes de funcionamento

 

Texto: Secom PMU

 

Expresso

Polícia apreende mais de 650 kg de Maconha no bairro Dom Almir

Uma jovem de 19 anos foi presa na residência com 873 tabletes da droga e uma caixa contendo 5,6 kg de maconha fracionada

Foto: Divulgação PM

Na noite de domingo (14), 658 quilos de maconha em tablete e uma caixa contendo 5,6 quilos da droga fracionada foram apreendidas em uma casa no bairro Dom Almir (zona leste) em Uberlândia pela Polícia Militar. A jovem N.S.S. de 19 anos foi presa e encaminhada á delegacia de plantão da Polícia Civil.

Os policias chegaram ao local após receberem uma denúncia anônima. Também foram apreendidos uma balança de precisão e duas facas.

Foto: Divulgação PM

Apreensão no Morumbi – No sábado (13), a Polícia Militar apreendeu cerca de 90 quilos de maconha em uma casa do bairro Morumbi (zona leste). Além da droga, os policiais encontraram uma submetralhadora 9mm, 1 carregador de submetralhadora, uma balança de precisão e um caderno com contabilidade do tráfico, segundo a PM. Uma mulher foi presa no local e encaminhada para a delegacia de plantão.

 

Texto: Redação

Expresso

Equipe da PMU analisa rede de drenagem do bairro Jardim São Bento

A visita é uma resposta a solicitação do morador, Hélio Souza Meira, que teve a casa afetada pelas chuvas.

Foto: Neto Talmeli

Vice-prefeito João Gilberto Ripposati visitou o bairro Jardim São Bento nesta segunda-feira (15) para avaliar necessidade de intervenções para melhorar drenagem de águas fluvais na rua Yvone Carvalho de Vitto. Com o vice-prefeito, estavam presentes o chefe do Departamento de Orçamento e Avaliações da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão Urbana (Seplan), Norberto Luiz Severino Vieira, o superintendente de Gestão Urbana da Seplan, Realino Augusto de Oliveira e o superintendente de Serviços Urbanos, José Donizetti de Melo.

A visita é uma resposta a solicitação do morador, Hélio Souza Meira, que teve a casa afetada pelas chuvas. “Quando a chuva vem, não tem como nem entrar em casa, porque é muita água. Então eu quero agradecer o Ripposati e o pessoal por ter vindo, para ver a situação, pois isso é muito importante”, conta Hélio.

O vice-prefeito destaca que a equipe que o acompanhou vai estudar o caso e fazer uma análise e projeto do que pode ser feito, e dar resposta aos moradores. “Estamos aqui para ajudar a população, no sentido de identificar os problemas, percorrer os bairros. O problema é que estamos tendo um volume maior de água, está chovendo muito mais e por causa desse volume todo, realmente precisam ser feitas intervenções para resolver o problema neste trecho”, explica Ripposati.

Foi definido que os próximos passos serão o recolhimento de dados junto ao Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba (Codau), como plantas, cadastros do bairro e fotos aéreas para realizar o projeto da área. A expectativa é que sejam necessários pelo menos novos 500 metros de rede para fazer a drenagem desde a parte mais alta da rua até o córrego que passa pela região, paralelo a Avenida Leopoldino de Oliveira.

Ripposati reforça que a Prefeitura irá trabalhar para dar uma solução aos moradores. “Tem que ser feita uma nova rede e ela tem que ter capacidade para receber e coletar essa água. Trouxemos os técnicos da Seplan e da Sesurb para que nos ajudassem a identificar os problemas e assim, darmos uma resposta em definitivo, visto que necessitaremos também de recursos. Os moradores não suportam mais essa situação e temos que estar junto da comunidade, cumprindo nosso dever”, destaca.

 

Texto: Decom PMU

Araguari

Prefeitura de Araguari intensifica operação tapa buraco

A Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Obras, está intensificando as ações referente a operação tapa buracos, em toda a cidade de Araguari

Foto: ASCOM – Secretaria Municipal de Gabinete

No final de semana, a equipe da Secretaria de Obras iniciou a ação, na Rua Joviano Troncha. Ontem (15), o roteiro iniciou-se com a conclusão da Rua Joviano Troncha até a Rua Geraldo Gomide Borges. A operação também passou pelas Ruas Professor José R. de Oliveira, dos trechos da Rua Geraldo Gomide Borges até a Rua Santo Antônio; na Rua Osmundo R Cunha, entre os trechos da Rua Santo Antônio até a Avenida Minas Gerais e iniciou a Rua Ponte de Terra.

O Secretário Interino de Obras, Inácio Marcelo Guimarães,. explicou que os trabalhos estão sendo feitos diariamente, inclusive nos finais de semana, aproveitando o bom tempo, “ Estamos trabalhando com agilidade, pois é preciso aproveitar os dias de sol. É um trabalho árduo, mas não estamos medindo esforços.” concluiu.

O Prefeito Marcos Coelho (MDB) esteve pessoalmente durante o final de semana acompanhando e vistoriando de perto a operação, nas obras da Rua Joviano Troncha: ”Estamos trabalhando para que as ruas da nossa cidade voltem a normalidade. Estamos zelando pelo conforto e segurança da nossa população. Nosso trabalho e incansável!” frisou.

Texto: Ascom Araguari
Expresso

Obras do CAPS AD III e da Unidade de Acolhimento Infanto-Juvenil entramem fase de acabamento

As esperadas obras que irão ampliar a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) estão bem adiantadas. 

Foto: Divulgação

Segundo informa o Secretário Municipal de Saúde, Humberto Donizete Ferreira (Bebé), tanto no CAPS AD III quando na Unidade de Acolhimento Infanto-Juvenil, as partes elétricas e hidráulicas serão concluídas ainda nessa semana, entrando na fase de acabamento com instalação de pisos, louças e metais sanitários, bancadas, além da pintura.

As duas obras estão sendo realizadas no bairro Olímpio Nunes com recursos do Fundo Nacional de Saúde. A entrega está prevista para acontecer ainda no primeiro semestre de 2018.

 

Texto: Ascom Patrocínio

Destaque

Vagas de emprego disponíveis no Sine nesta terça-feira (16)

O Sine Uberlândia está com vagas de emprego disponíveis em diversos setores. O horário de atendimento é das 8h às 17h, e são distribuídas 250 senhas por dia. A instituição fica na avenida Nicomedes Alves dos Santos, 136, Centro.

Mais informações podem ser obtidas no portal Mais Emprego, onde também é possível fazer pesquisa por vagas, as informações não são passadas por telefone.

Confira as novas vagas de emprego disponíveis no sine para dia 16/01/2018

Padeiro (01 vaga)
Numero da vaga: 4365271
Salário: R$ 1.289,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino fundamental completo

Fiscal de caixa (01 vaga)
Numero da vaga: 4365246
Salário: R$ 1.317,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo

Fiscal de prevenção de perdas (01vaga)
Numero da vaga: 4365237
Salário: R$ 1.088,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo

Gerente de mercearia (01 vaga)
Numero da vaga: 4365209
Salário: R$ 1.317,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo

Açougueiro (01 vaga)
Numero da vaga: 4364612
Salário: R$ 1.545,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo

Cobrador interno (01 vaga)
Numero da vaga: 4365209
Salário: R$ 1.200,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino medio completo

Faturista (01 vaga)
Numero da vaga: 4364638
Salário: R$ 1.200,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo

Caseiro (01 vaga)
Numero da vaga: 4364529
Salário: R$ 1.500,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino fundamental incompleto

Vendedor pracista (01 vaga)
Numero da vaga: 4364351
Salário: R$ 1.108,74
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo

 

Fonte: Sine Uberlândia

Destaque

Adeus em silêncio para Dolores O’Riordan

Com um voz dessas, ela deveria ter morrido nem que seja de susto. Para que algum privilegiado pudesse ter a sorte de ouvi-la pela última vez.

Anderson Tissa, é jornalista, publicitário e autor da coluna “Vida Longa, Baby”. / Imagem: Douglas Luzz

Eu achava a voz dela incrível. Nos anos 90, ouvia demasiadamente. Tinha até uma quedinha por ela. Era uma mulher bonita, com certeza, mas o que mais me atraía era sua voz. Cheia de requebros e efeitos. Suave quando precisava ser, como na canção Ode To My Family, e forte e poderosa em outros momentos, como em Salvation. Sensível, elegante e também feroz. Era sim, uma voz notável. Nascida para cantar.

Dolores se foi. Sua obra fica. Para mim este é o legado de um artista. Ser lembrado por grandes feitos. E não ir para o túmulo com músicas esquecidas e ridicularizadas. Dolores não é maior que um Kurt Cobain, estava patamares abaixo. Não era uma gigante do rock, mas vendeu mais de 40 milhões de discos. Como não se curvar por tamanha conquista?

Ela merece ser lembrada pelo que fez. Imortalizou sua voz em Zombie. Ninguém vai fazer melhor. Pelo menos com esta música não. Estou rasgando a seda por saber que não é nada simples estourar hits como Dreams e Linger. O melhor ainda é ser reconhecida pela voz. Única. As introduções das músicas dos The Cranberries deveriam ser somente com sua voz, creio que seriam reconhecidas em muito menos tempo.

Quando ela deu um tempo no grupo, eu já não a ouvia muito. Mas vez ou outra estava lá revisitando sua obra. Como hoje. E a cada música, vou tendo ainda mais certeza da beleza da sua voz. Parece que a admiração aumenta a cada nota.

Dolores partiu subitamente. Em silêncio talvez. Um desconsolo por inteiro. Com um voz dessas, ela deveria ter morrido nem que seja de susto. Para que algum privilegiado pudesse ter a sorte de ouvi-la pela última vez.

Perdas são ruins. Principalmente quando se trata de uma artista que você realmente admira. Apesar disso, estou satisfeito. Por saber que minha geração escutou Dolores.

Texto: Anderson Tissa

Expresso

Morre aos 46 anos Dolores O’Riordan, cantora do grupo The Cranberries

Dolores O’Riordan, cantora e compositora do grupo irlandês The Cranberries, morreu nesta segunda-feira (15), em Londres, na Inglaterra, aos 46 anos.

Foto: Flávio Moraes/FotoArena/Folhapress)

Famosa desde os anos 1990 por sucessos como “Linger”, “Zombie”, “Dreams” e “Ode to My Family”, a cantora “morreu subitamente” enquanto “estava em Londres com a banda para uma breve sessão de gravação”, segundo nota divulgada à imprensa pelos seus representantes.

O texto diz ainda que os familiares e colegas estão “desolados” e que não serão divulgados mais detalhes por ora.
Formada em 1989 em Limerick, na Irlanda, a banda The Cranberries tornou-se famosa com o álbum de estreia “Everybody Else Is Doing It, So Why Can’t We?”.

Lançado em 1993, tornou-se um grande sucesso graças ao hit “Linger”.
A letra meio falada, meio cantada sobre uma relação de amor frustrada, o sotaque e o tom de voz peculiares (O’Riordan era meio-soprana) chamaram a atenção de crítica e público em um ambiente tomado pelo som denso e gritado das bandas grunge e de remanescentes do hard rock.

Também ajudou a alçar a banda ao top 10 norte-americano o videoclipe de tons cinematográficos e ares retrô de “Linger”, e a habilidade audiovisual da banda, manifesta também nos clipes de “Zombie” e “Dreams”.

Com sonoridade frequentemente identificada com o rock alternativo e com o pós-grunge, mas com forte vocação para o pop rock, o grupo foi um dos mais bem-sucedidos comercialmente nos anos 1990, tendo vendido mais de 40 milhões de discos desde então.

A banda ainda lançou mais quatro discos até se separar, em 2003. Nos anos seguintes, O’Riordan dedicou-se a uma carreira solo na qual lançou dois álbuns, além de diversas colaborações com outros artistas.

O grupo se reuniu em 2009 e lançou mais dois álbuns, “Roses” (2012) e “Something Else” (2017). No ano passado, uma turnê foi cancelada devido a questões de saúde da cantora, não especificadas à época.

O’Riordan se casou com Don Burton, ex-gerente de turnê do grupo Duran Duran. Eles tiveram três filhos e se separaram em 2014.

 

Texto: Folhapress

Cidade

Manutenção emergencial no setor oeste

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) informa que nesta terça-feira (16), o bombeamento de Água do Centro de Reservação Canaã e também do Centro de Reservação Jardim Europa ficará suspenso temporariamente das 8h às 13hs. A interrupção será necessária para a realização de interligação de adutora de água tratada na avenida Aldo Borges Leão com a rua das Margaridas, entre os bairros Rancho Alegre e Chácaras Panorama. A referida interligação tem como objetivo melhorar o abastecimento de água nos bairros daquela região. Devido o trabalho da interligação, poderá faltar água em alguns bairros do setor oeste.

O abastecimento se normalizará em até 12 horas após a conclusão do serviço.

Bairros afetados:

Canaã Jardim Europa Morada Nova
Chácaras Bela Vista Jardim Vica Rancho Alegre
Chácaras Panorama Maanaim Pequis
Jardim Célia Monte Hebron e adjacências

 

Texto: Secom PMU

Cultura

Artista revive o passado em exposição na Galeria de Arte do Mercado Municipal

Mostra “Quando olho para trás, vejo o futuro” segue aberta para visitação

Foto: Divulgação

O tijolo pó de mico é o elemento mínimo para se construir uma casa. Ainda assim, nele podem ser reveladas diferentes interpretações, que o tornam símbolo de arte, história e reflexão. Foi o que enxergou o artista visual Juny Kp, que desde dezembro assina a exposição de pinturas ‘Quando olho para trás, vejo o futuro’, aberta para visitação das 12h às 18h até o dia 25 de janeiro na Galeria de Arte do Mercado Municipal.

De acordo com o artista, a mostra corresponde a uma série de pinturas que propõe um olhar diferente sobre a cidade, com reflexões sobre temas da memória, utopia, reconstrução e gentrificação, termo utilizado para representar o processo de transformação dos centros urbanos, onde as camadas mais pobres são substituídas pelas mais ricas.

“Por meio de linguagens artísticas diversas, proponho incorporar o transcorrer do tempo e a efemeridade em seu próprio fazer e dialogar com o tema da memória e da história no campo das artes, a partir de um olhar para o passado, mirando para o futuro”, explica.

Foto: Cleiton Borges – Secom PMU

Tijolo pó de mico

 

A motivação inicial das pinturas origina de uma coleção de tijolos pós de mico, retirados de demolições. Cada objeto encontrado pelo artista carrega histórias de famílias, vidas, lamentos e sucessos. Para isso, ele utiliza cinco camadas de reações entre água e solvente, que representam o não pertencimento do brasileiro em seu próprio território, terra, solo, e o reflexo na pele do cangaceiro.

Foto: Cleiton Borges – Secom PMU

Ocupação de arte

 

A mostra segue aberta gratuitamente para visitação até o dia 25 deste mês. Para a diretora do Espaço Cultural do Mercado Municipal, Yone Araújo, a exposição enriquece ainda mais a programação cultural do município no início deste ano.

“É um trabalho que tem uma importância enorme principalmente para ocupar o local com a arte. É um espaço de receptividade dos vários pensamentos, olhares e gestos que o artista coloca, além de uma maneira peculiar de ver o mundo e a cidade, percebendo sua concepção, histórias e memórias. Com essa exposição, não é diferente, com uma reflexão muito boa para todos que a prestigiam ao longo do mês”, destacou.

 

Prestigie!

Exposição: “Quando olho para trás, vejo o futuro”
Artista: Juny Kp
Período: até 25/01, das 12 às 18h
Onde: Galeria de Arte do Mercado Municipal
Local: rua Olegário Maciel, 255, centro (subindo a rampa)
Entrada franca

 

Texto: Secom PMU

Cidade

Procon divulga pesquisa de preços de materiais escolares

Cartilha online com informações sobre aquisição de itens, mensalidades e matrículas também foi desenvolvida e está disponível no portal da prefeitura

Foto: Pixabay

Com a aproximação do início de mais um ano letivo, papelarias e lojas acabam sendo destino certo de pais que precisam adquirir o material escolar que os filhos vão utilizar nas escolas até o final de 2018. Para ajudar os consumidores a economizar e fazer a escolha certa, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Uberlândia realizou a tradicional pesquisa* de itens escolares nos dias 8 e 9 de janeiro. Foram avaliados 45 produtos em cinco estabelecimentos em variadas regiões da cidade.

Resultado

Alguns itens essenciais para o uso dos estudantes possuem uma variável de preço alta, como é o caso do ‘Lápis preto nº 2’, que foi encontrado por R$ 0,35 e até mesmo por R$ 5,00, totalizando uma diferença de 1.328,57% na cotação. Já a ‘Cartolina’ encontrada nos pontos pesquisados não apresentou variação: possui o mesmo preço em todos os estabelecimentos, de R$ 1,00. Para ter acesso à lista completa, clique aqui.

Segundo a superintendente do Procon, Chelara Freitas, a análise demonstra que é indispensável e essencial que o consumidor pesquise em diversos locais, item por item, para verificar qual o estabelecimento atende suas expectativas com economia e qualidade. “O ideal é que os consumidores adquiram os produtos antecipadamente, devido à lei da oferta e da procura, que resulta num aumento significativo dos preços, se considerados os praticados em dias anteriores”, explicou.

Cartilha online

Para auxiliar os pais neste processo de aquisição, a superintendência criou uma cartilha online. A publicação está disponível no portal da prefeitura e traz informações não apenas sobre materiais escolares, mas também sobre mensalidades e matrículas. Para conferir, basta clicar aqui.

O que pode e o que não pode ser exigido pelas escolas

Com o objetivo de conter abusos por parte de instituições de ensino, o Procon divulgou ainda uma lista do que não pode ser cobrado na lista de material escolar. Fique atento!

A instituição de ensino só poderá solicitar materiais utilizados nas atividades pedagógicas diárias individuais do aluno e em quantidades coerentes com as praticadas pelo instituto. O material que beneficia a coletividade de alunos como um todo já deverá ser considerado na formação do valor da mensalidade.

É importante saber que é dever da instituição de ensino informar quais itens os pais ou responsáveis devem adquirir. A escolha entre comprar os itens solicitados ou pagar pelo pacote oferecido pela escola é do consumidor.

MATERIAL DE USO COLETIVO

A Lei Federal n° 9.870/99 dispõe no art. 1º, § 7º, que a cláusula contratual que obrigue o contratante ao pagamento adicional ou ao fornecimento de qualquer material escolar de uso coletivo dos estudantes ou da instituição será nula. O material que beneficia a coletividade de alunos como um todo já deve ser considerado na formação do valor da mensalidade, cuja discriminação deve constar de planilha que justifique ou fundamente eventual reajuste.

MATERIAL DE LIMPEZA

Materiais de limpeza não podem constar na lista de material escolar, pois, por não ser manuseável pela criança, não poderá ser dedicado ao seu uso individual e específico. Mesmo materiais de limpeza não químicos, como algodão e papel higiênico, por exemplo, não podem ser exigidos.

MATERIAL DE USO ADMINISTRATIVO

A lista de material escolar não pode exigir material de consumo de expediente ou de uso genérico voltados às atividades administrativas da instituição, como papel-ofício, papel higiênico, fita adesiva, cartolina, álcool, artigos de limpeza e higiene.

Contudo, como alguns destes tipos de materiais são utilizados tanto no dia a dia da instituição de ensino, como atividade didático-pedagógica do aluno, eles poderão ser solicitados, mas devem ter suas atividades previstas no respectivo plano de execução e ser solicitado em quantidade específica e razoável.

ESTABELECER MARCA ESPECÍFICA OU LOJA EXCLUSIVA PARA UM PRODUTO

É proibida a indicação pelo estabelecimento de ensino, de preferência por marca ou modelo de qualquer item do material escolar. A escola também não pode exigir que o material seja novo. Configuram exceções, os materiais didáticos produzidos, desenvolvidos e confeccionados pela própria instituição.

Estes podem ser vendidos aos consumidores, desde que tal informação sobre o uso de material autoral seja devidamente informado ao consumidor desde os primeiros contatos e tratativas para fazer a matrícula do estudante, sob pena de infringir direito básico do consumidor.

TAXA DE MATERIAL ESCOLAR

Não podem ser cobradas na lista de material, cotas ou valores sob outras  cotas ou valores sob outras denominações, como água, luz ou telefone.

*Vale ressaltar que os preços apresentados na planilha não vinculam os estabelecimentos comerciais, podendo sofrer alterações no decorrer dos dias, uma vez que a pesquisa de comparativo serve para instruir o consumidor a pesquisar os preços antes de efetuar as compras e não como propaganda do estabelecimento comercial.

 

Texto: Secom PMU

Destaque

Combate ao mosquito da dengue é reforçado pela prefeitura

Odelmo Leão ressaltou a importância da participação da comunidade para vencer a batalha contra a Aedes Aegypti

Foto: Valter de Paula – Secom PMU

Na manhã desta segunda-feira (15), a prefeitura de Uberlândia reforçou a importância de combate ao mosquito Aedes Aegypti, em uma campanha de mobilização que contou com diversos representantes da sociedade civil.

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses conta com cerca de 260 agentes que visitam as casas e estabelecimentos, orientando a população e verificando focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela. Todavia, para um combate efetivo se torna imprescindível a participação da população.

Em 2017, as ações desenvolvidas pela prefeitura resultaram numa redução de 82% no número de casos de dengue e 89% de zika vírus, na comparação com 2016. Entre as atividades realizadas em 2017, que contribuíram para a redução dos casos de dengue e outras doenças, estão os 41.270 bloqueios nos bairros que tiveram casos suspeitos das doenças; as visitas quinzenais aos ferros velhos, as coletas de pneus nas borracharias e as visitas aos imóveis fechados após uma parceria com as imobiliárias.

Foto: Valter de Paula – Secom PMU

O prefeito Odelmo Leão destacou os esforços dos profissionais do Centro de Controle de Zoonoses e a participação da população. “Trabalhamos todo o ano de 2017 para garantir o controle do mosquito. Foram várias atividades de combate realizadas pelos nossos profissionais. Só que essa luta é de todos nós. Em grande parte dos casos, os criadouros do Aedes estão dentro de casa e somente com a participação da comunidade, podemos vencer essa batalha contra o mosquito. Temos que agir agora, eliminando todos os focos para evitar uma epidemia destas doenças que podem matar”, afirmou.

Já o coordenador do Programa de Controle da Dengue, José Humberto Arruda, ressaltou o apoio da sociedade. “Tivemos o apoio de empresas, associação de moradores, instituições, bem como a participação efetiva da atenção primária, como os agentes comunitários de saúde”, disse.

Arruda lembrou que a CCZ vai continuar com a atenção redobrada nas ações de prevenção como a coleta de pneus, a aplicação do peixe Lebiste, com o cadastro das piscinas e locais que não podem utilizar o larvicida, e a ampliação das visitas aos imóveis fechados para venda e aluguel.

Para o secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues, o principal desafio continua sendo a conscientização das pessoas. Uma vez que o combate ao Aedes Aegypti merece toda a atenção da população e do poder público. “Mesmo com bons resultados, não podemos parar e com essa campanha esperamos intensificar ainda mais o trabalho realizado”, explicou.

Os telefones do Centro de Controle de Zoonoses para dúvidas e informações são: (34) 3213-1470 ou 3213-1418.

 

Texto: Leonardo Leal

Expresso

Primeiro Lira de 2018 preocupa e vigilância prepara mutirão

Cinquenta bairros de Ituiutaba, a média de infestação apresentada foi 10,6%.

Foto: Ascom Ituiutaba

Agentes de endemia, da equipe de vigilância ambiental, do Centro de Controle de Zoonoses, CCZ, órgão da Secretaria de Saúde, Prefeitura de Ituiutaba, divulgou nesta segunda-feira, 15 o resultado do primeiro levantamento e índice rápido do Aedes Aegypti de 2018, o Lira.

De acordo com a pesquisa realizada entre os dias 08 e 12 deste mês de janeiro, em cinquenta bairros de Ituiutaba, a média de infestação apresentada foi 10,6%. Apesar do trabalho ter sido realizado em pleno dias de chuva, os números revelados são considerados preocupantes, e algumas ações, como a realização de mutirão de limpeza está sendo planejado para acontecer nos próximos.

Foto: Ascom Ituiutaba

Segundo o Coordenador da Vigilância Ambiental, Paulo Sérgio de Oliveira, ainda nesta segunda-feira, 15 durante reunião com o Secretário de Saúde, o médico Elias Hércules Neto, o trabalho de mutirão deverá começar pelos dez primeiros bairros de maior índice: Elândia (40,66%), Jardim Jamila (33,33%), Central (33,33%), Distrito Industrial (33,33%), Bela Vista (30,76%), Progresso (30,48%), Residencial Buritis (29,41%), Cristina (25%), Mirim (25%), e Eldorado (22,58%).

“O resultado dessa primeira coleta de 2018, sem dúvida é preocupante. Contudo, novamente reafirmamos que para combater o Aedes Aegypti é uma tarefa que envolve toda a sociedade, da criança até o ancião. É uma guerra que precisa da participação de todos, buscando aonde mora ou no trabalho, eliminar qualquer possibilidade de existência de foco do mosquito”, alerta o Secretário Elias Hércules Neto.

 

Texto: Ascom Ituiutaba

Expresso

Síria promete acabar com presença dos EUA no país, diz TV estatal

O Exército sírio está determinado a acabar com qualquer forma de presença dos EUA no país, disse nesta segunda-feira (15) a TV estatal, citando um funcionário do Ministério das Relações Exteriores do regime de Bashar al-Assad.

Foto: Pixabay

A coalizão liderada pelos americanos trabalha com milícias sírias anti-Assad para montar uma nova força de 30 mil homens. O movimento foi classificado pelo ministério sírio como um “flagrante assalto” à soberania da Síria.

A medida também desagradou a Turquia, contrária ao apoio dos EUA a milícias curdas do norte da Síria combatidas pelo presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

Também nesta segunda-feira, o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, afirmou que os EUA “estão ajudando” aqueles que desejam uma “mudança de regime” na Síria.

Em novembro, militares russos disseram que Washington combatia o Estado Islâmico como se estivesse no Iraque e atrapalhava a ofensiva apoiada por Moscou na Síria.

O presidente russo, Vladimir Putin, é o principal aliado de Assad. Em seu último discurso de Ano-Novo, disse que a Rússia “continuará prestando toda a assistência à Síria na proteção da soberania, unidade e integridade territorial do Estado”.

Putin ordenou, em dezembro, o início da retirada das tropas russas da Síria, mas manteve a base aérea em Latakia, além de sua instalação naval no porto de Tartus, importante acesso ao Mediterrâneo.

Um estudo publicado na mesma época pelo Centro de Pesquisas Pew mostrou que o Oriente Médio acredita que os EUA ganharam influência na região.

Ao mesmo tempo, as intervenções de Rússia e EUA em países do Oriente Médio são mal-vistas pelas populações -apenas 27% e 35% enxergam os EUA e a Rússia, respectivamente, de maneira positiva. Foram ouvidos os habitantes de Israel, Jordânia, Líbano, Tunísia e Turquia.

 

Texto: Folhapress

Expresso

Alckmin busca aliança para ter o maior tempo de TV

Alckmin poderá ter um programa mais longo que qualquer outro competidor

Foto: Suamy Beydoun/AGIF/Folhapress

Para reduzir os questionamentos sobre a viabilidade de sua candidatura, Geraldo Alckmin (PSDB) tentará construir uma aliança para a corrida presidencial que pode dar à sua chapa a maior fatia de tempo da propaganda eleitoral entre todos os postulantes ao Palácio do Planalto.

O tucano trabalha para conquistar esse espaço na TV com o objetivo de emitir sinais de musculatura política e se tornar o principal nome do bloco de centro na eleição.

O governador paulista disse a aliados, nas primeiras conversas do ano, que pretende firmar uma aliança que garanta a ele um terço de cada faixa de 12min30s da propaganda eleitoral na televisão -ou seja, 4min10s.

Com esse espaço, Alckmin poderá ter um programa mais longo que qualquer outro competidor. O tempo restante deve se dividir entre diversos candidatos e, segundo cálculos dos tucanos, restariam poucas combinações de partidos que poderiam superar a fatia do governador.

Aliados acreditam que Alckmin precisa dominar a campanha na TV para evitar o crescimento de um adversário lançado por uma coligação de grandes siglas, como o MDB de Michel Temer.

Os tucanos querem acelerar as negociações para a construção de sua aliança e bloquear a consolidação de novas candidaturas competitivas em seu campo político, como a do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e a do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD).

O governador paulista disse a aliados que trabalha para firmar uma coligação com outros seis partidos além do PSDB, mas admitiu que a incerteza sobre o quadro eleitoral ainda dificulta o avanço das articulações.

Em uma conversa há cerca de uma semana, Alckmin discutiu uma potencial aliança com DEM, PP, PSD, PTB, PPS, e Solidariedade. Com essas siglas, o tucano ocuparia 4min27s de cada bloco da propaganda -pouco mais do que um terço do espaço total.

Auxiliares acreditam que a conquista de um programa de TV amplo será interpretada como um sinal de força de Alckmin, cuja estagnação nas pesquisas alimenta dúvidas sobre sua viabilidade, mesmo entre os tucanos.

Para o governador e seus principais aliados, a propaganda terá peso especial na disputa, uma vez que a campanha será curta e os candidatos só devem decolar na reta final -principalmente depois do início da campanha na TV, em 31 de agosto.

Por enquanto, Alckmin marca até 12% das intenções de voto nos cenários do Datafolha, apesar de ser conhecido por 85% dos eleitores do país, segundo pesquisa divulgada em dezembro.

O tucano quer usar a TV para tentar exibir realizações do governo paulista nos últimos anos -arma que pretende usar na campanha.
Alckmin determinou que sua equipe acelere a entrega de obras para que ele possa participar de suas inaugurações antes de deixar o cargo para disputar a Presidência, até 7 de abril.

PARTIDOS
A aliança que Alckmin desenha para conquistar a maior fatia da propaganda eleitoral revela sua intenção de manter negociações com partidos cortejados por Rodrigo Maia e Henrique Meirelles.

O presidente da Câmara, do DEM, tem conversas avançadas com o PP e o Solidariedade, mas o governador paulista trata esses partidos como aliados preferenciais.

O tucano já indicou que poderia ceder a vaga de vice em sua chapa ao DEM e mantém contato com dirigentes do PP.
No dia 7, Alckmin também conversou sobre a corrida eleitoral com o presidente do Solidariedade, Paulinho da Força, em um encontro no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

“Ainda não discutimos uma aliança, mas ele é um parceiro nosso e temos uma boa relação com ele. Acredito que ele é o candidato mais visível nesse campo de centro”, disse Paulinho.

Alckmin acredita ainda que poderá atrair o PSD, apesar das movimentações de Meirelles para disputar o Planalto. Nos últimos meses, o governador paulista se reaproximou de Gilberto Kassab, presidente da sigla, que fez acenos públicos ao nome do tucano para a disputa.
Kassab poderá levar o PSD para a coligação de Alckmin em troca de apoio para uma candidatura a vice-governador em São Paulo ou até mesmo um cargo na Esplanada dos Ministérios, caso o tucano se eleja presidente.

A negociação mais avançada se dá com o PTB. O presidente do partido, Roberto Jefferson, já declarou que a sigla deve apoiar Alckmin.
O governador paulista chegou a viajar a Brasília para a posse de Cristiane Brasil, filha de Jefferson, no Ministério do Trabalho. A nomeação foi suspensa pela Justiça e o evento, cancelado.

 

Texto: Folhapress

Destaque

Bailarinos de Uberlândia são selecionados para o Youth America Grand Prix, em Nova York pelo décimo ano seguido

Ana Luiza Sartini, Isabella Alcântara e João Victor Percilio embarcam para os EUA no dia 12 de abril de 2018

Foto: Fernanda Torquato

Pelo décimo ano consecutivo bailarinos do Ballet Vórtice de Uberlândia foram selecionados para uma das mais importantes competições do mundo, o Youth America Grand Prix, em Nova York. Desta vez foram selecionados os bailarinos Ana Luiza Moraes Sartini, de 12 anos, Isabella Alcântara, de 13 anos e João Victor Percilio, de 14 anos. Os três são alunos de Guiomar Melo e Vladimir Rybyakov.

A competição será realizada entre os dias 13 e 20 de abril de 2018 no palco do Lincoln Center. Lá a bailarina Ana Luiza Sartini vai apresentar a variação feminina de “Grand Pas Classique”, Isabella Alcântara, a variação feminina do ballet “O Talismã” e João Victor, uma variação masculina do ballet “O Corsário”. Os três também retornarão ao palco em apresentações solo de dança contemporânea que serão especialmente criadas para eles, pela coreógrafa Carol Segurado.

Foto: Fernanda Torquato

Esta é a terceira vez que a bailarina Ana Luiza Sartini é selecionada para a competição. No ano passado ela ficou em terceiro lugar na categoria pré-competitiva, a única premiação feminina dada a uma representante brasileira na competição.

Isabella Alcântara também já foi selecionada e, no ano passado apresentou o pas de deux de “Pássaro Azul” com o bailarino Thiago Vinícius Silva, que foi um dos 16 finalistas da categoria júnior. O bailarino ainda recebeu uma bolsa integral de estudos na Princess Grace Kelly de Mônaco.

Foto: Fernanda Torquato

Esta vai ser a primeira vez que o bailarino João Victor Percilio, participa de uma competição internacional. Mesmo com só três anos de estudos de ballet clássico, ele acredita que vai fazer uma boa apresentação em Nova York. “Estou muito surpreso e muito feliz por essa noticia e bem confiante, pois foi muito tempo de preparo e pode ter certeza que eu vou dar o meu melhor nessa competição”, disse ele.

Para a professora Guiomar Melo, a aprovação dos bailarinos no Youth America Grand Prix ao longo dos anos “mostra que não importa aonde estejamos, o mais importante é que tenhamos bons professores. Porque são eles que encurtam o caminho para a concretização e realização de nossos sonhos, em qualquer profissão”.

Youth America Grand Prix:

O YAGP é um dos maiores festivais competitivos de dança do mundo. Durante a competição os bailarinos participaram de aulas, recebem feedback individual dos jurados, se apresentaram diante dos diretores das principais escolas e empresas de dança do mundo e podem receber bolsas de estudo.

 

Texto: Guiomar Boaventura

Destaque

Dentil/Praia Clube vence Fluminense fora de casa

A equipe Dentil/Praia Clube estreou com a mão direita o ano de 2018.

Foto: Mailson Santana

Neste domingo (14), o time comandado pelo técnico Paulo Coco venceu o Fluminense (RJ) por 3 sets a 2 (25/18, 15/25, 25/22, 19/25 e 11/15), no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). A partida, que findou a 4ª rodada do returno da Superliga Feminina 17/18, contou com o ginásio lotado. O triunfo fora de casa mantém o Esquadrão Aurinegro na liderança isolada e sem perder um jogo sequer na competição nacional, são com 41 pontos ganhos em 14 partidas disputadas. O adversário, por sua vez, está na quinta colocação, com 25 pontos (9 resultados positivos e seis negativos).

A ponteira praiana Fernanda Garay foi eleita a melhor do duelo em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. A atacante fez uma análise do confronto. “Foi importante termos começado o ano com essa vitória. Sabemos que enfrentamos dificuldades e também precisamos ressaltar os méritos do Fluminense que fez uma excelente partida. Foi um embate nivelado por cima e muito acirrado. Esse resultado fortaleceu o nosso grupo”, contou Garay.

O técnico do Dentil/Praia Clube, Paulo Coco, dissertou acerca do êxito obtido na Cidade Maravilhosa. “Foi uma partida que exigiu bastante do grupo. Estávamos há muito tempo sem atuar e a falta de ritmo pesou em algumas situações. No entanto, as atletas souberam superar as adversidades do confronto. No tie-break, por exemplo, saímos de um 7 a 3 e buscamos a virada e o fechamento da parcial em 15/11. Acredito que a força e a qualidade do nosso elenco foi fundamental para o resultado positivo dessa noite. Vamos trabalhar para que a consistência seja maior nos próximos desafios”, salientou o treinador.

Muda o Chip

Nesta semana, a equipe Dentil/Praia Clube tem novos desafios na atual temporada. Em Lages (SC), o grupo preto-e-amarelo disputa a fase decisiva da Copa Brasil de Voleibol Feminino. Na quinta-feira, 18 de janeiro, às 19h, no ginásio Jones Minosso, o time praiano encara o arquirrival Camponesa/Minas pela semifinal. Em caso de vitória, a finalíssima ocorre na sexta-feira (19), às 21h30, ante o vencedor de SESC/Rio e Vôlei Nestlé, com transmissão ao vivo do canal SPORTV. No interior catarinense, o Dentil/Praia Clube buscará o terceiro título nacional da história. Em 2008 e 2010, o time de Uberlândia sagrou-se campeão da Liga Nacional. Na temporada 2016/2017, as praianas atuaram no ginásio catarinense diante do Rio do Sul, pela 6ª rodada do returno da Superliga Feminina.

 

Texto: Dentil/Praia Clube

Destaque

Para os dias muito quentes, invista no preto! (eu não estou louca ainda viu?)

Todo mês de janeiro é sempre igual: sol, calor e o verão em alta em todo país.

Foto: Arquivo Pessoal

O grande problema dessa estação, é que nem todas as pessoas moram ou conseguem estar na praia para se refrescar e com isso, se torna insuportável aguentar as altas temperaturas. Lembro-me bem do quanto era difícil escolher uma roupa que fosse fresca e eu, na tentativa de não sentir calor, montava looks usando apenas roupas de cores claras e materiais finos.

Mas, se eu disser que ao contrário disso, a melhor opção de roupa é a de cor preta, você acredita?
Pois é, esqueça a ideia de que usar branco ajudará a absorver o calor, porque na verdade, é o tecido preto que absorve.

Segundo Arturo Quirantes, professor da Universidade de Granada na Espanha, em entrevista ao site da BBC, se houver vento, o preto leva o calor por convecção – processo de transmissão de calor em que a energia térmica se propaga através do transporte de material – que é um mecanismo eficiente para manter nosso corpo fresco.

Para que tudo isso funcione, é preciso também que a roupa seja larga. E quanto mais escura a peça, mais calor ela absorverá e refletirá menos também e quanto mais clara, será o contrário.

Mas, se mesmo com as informações acima você assim como eu, ainda acredita que o preto não seja a melhor alternativa, listarei opções de roupas que – podem não ser as mais frescas – mas passam a ilusão de frescor aliado à tendência da temporada.

A primeira é a cor rosa millennial (rosa pastel). Essa cor, além estar em alta e deixar a produção bem feminina, garante também – aos olhos de quem vê – um visual leve e fresco.

Já a camisa estampada e de material fino deixará sua produção elegante e moderna ao mesmo tempo. Se preferir um look mais casual, pode optar pela camiseta, que veio para ficar no mundo fashion.

Foto: Divulgação

Vestidos longos com a cintura marcada são atemporais e muito usados no verão. Dependendo do material que você escolher, garante até um look para o trabalho. E por falar em trabalho, uma boa opção são os blazers mais soltos, eu sei que parece loucura minha sugerir isso nesse calor, mas para as mulheres que trabalham em escritório, ou seja, não sofrem tanto pelo clima quente, é uma sobreposição bonita e que muda a cara da visual de básico para elegante em segundos.

Foto: Divulgação

E para terminar, que tal investir em uma bolsa de palha? A peça está com tudo nessa estação e ganhou o formato redondo a tiracolo que permite usá-la em diversos ambientes e não somente em praias. A bolsa combina com todas as peças e cores citada acima, inclusive com o preto, se você acreditar na teoria do professor.

Foto: Divulgação

Por isso, a minha sugestão neste ano para você suportar o calor, é investir em roupas de material leve, fresco e cores claras.

 

Texto: Marlla Palhares
Jornalista especialista em moda

Expresso

Procon alerta população após notificações de Golpe da Falsa Lista Telefônica

Foram registrados mais de 40 atendimentos a empresas e profissionais liberais que receberam as propostas via telefonema

Foto: Divulgação

O Procon de Patos de Minas recebeu, nos últimos dias, dezenas de reclamações sobre um telefonema oferecendo anúncio em lista telefônica, mas a suspeita é de que seria um provável golpe. A maneira de agir, de operar e executar a atividade entre os casos relatados era a mesma, o que despertou a suspeita da direção do órgão.

De acordo com o coordenador geral do Procon-Patos de Minas, Rafael Godinho, em 2017 foram registradas mais de 40 reclamações durante todo o ano. “Recebemos dezenas de reclamações, e nos atendimentos percebemos que entre um e outro caso, não havia diferença, o que despertou muita suspeita”, disse o coordenador.

Ainda segundo o coordenador, algumas empresas possuem de fato dados cadastrais verdadeiros como CNPJ. Já outras utilizam informações de empresas terceiras para se manterem no mercado. De acordo com dados do Procon, o valor dos contratos que são negociados via telefonema varia de R$1.000 a R$5.000 reais.“A população deve ficar atenta e tomar cuidado com os telefonemas com grandes facilidades e, em caso de dúvida, deve procurar o Procon para esclarecimentos e apoio”, alertou Rafael Godinho.

O Procon é órgão responsável por atuar em defesa do consumidor. É responsável por informar sobre seus direitos e fiscalizar as relações de consumo, muitas vezes impondo multas para os fornecedores que violam a lei. O Procon está localizado no antigo Fórum situado na avenida Getúlio Vargas, 245 no bairro Centro (Antigo Fórum). Dúvidas, reclamações e denúncias podem ser feitas pelo telefone 3822-9774.

 

Texto: Ascom Patos de Minas

Cidade

MEI com CNPJ suspenso tem até 23 de janeiro para regularizar a situação

Os Microempreendedores Individuais (MEI) que estão com o CNPJ suspenso têm até o dia 23 de janeiro para quitar os débitos junto à Receita Federal.

Foto: Pixabay

O pagamento da guia mensal – Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) – em atraso é referente aos períodos de 2015, 2016 e 2017. Também é possível entregar, até esta data, as declarações anuais (DASN-SIMEI) pendentes nos períodos de 2015 e 2016.

De acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, dos 7,7 milhões de MEIs do país, 2 milhões têm débitos com a Receita Federal e 1,2 milhão (16% do total) corre o risco de perder o CNPJ por estar dois anos consecutivos sem pagar a guia de recolhimento mensal.

O parcelamento dos débitos pode ser feito por até 60 meses, sendo que cada prestação deve ter valor mínimo de R$ 50. O empresário pode realizar este procedimento por meio do Portal do Simples Nacional – http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/. Com a situação regularizada o MEI poderá reaver os direitos previdenciários como aposentadoria, auxílio-doença ou licença-maternidade, além de participar de licitações com os governos Federal, estaduais e municipais.

O mero esquecimento ou a dificuldade para imprimir, a cada mês, a guia do DAS tem levado muitos empresários a entrarem para os números de inadimplentes da Receita Federal. O Carnê da Cidadania não é emitido de forma automática pelo governo federal e demais órgãos. O microempreendedor deve buscar a orientação de acordo com o município de funcionamento da empresa.  A emissão da guia de recolhimento mensal deve ser feita a partir do aplicativo PGMEI, no Portal do Simples Nacional – https://www8.receita.fazenda.gov.br/. Os pontos de atendimento do Sebrae estão disponíveis para prestar orientação aos microempreendedores individuais.

 

Texto: Flávia Ferraz

Cidade

Vistoria de vans escolares começam nesta segunda-feira (15)

Procedimento é obrigatório e visa garantir a segurança dos usuários

Fonte: Divulgação

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) abre, nesta segunda-feira (15), o período de vistorias de vans que atuam no transporte escolar em Uberlândia. O processo é obrigatório a todos os proprietários dos 640 veículos cadastrados e poderá ser feito até o dia 14 de fevereiro. Caso o motorista não realize o procedimento, ficará impedido de prosseguir com suas atividades.

A vistoria das vans escolares feita pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) visa garantir que os veículos tenham plena capacidade de transportar estudantes por Uberlândia com segurança e conforto, conforme a premissa da nova gestão municipal. Para isso, durante a inspeção, o automóvel deve preencher uma série de requisitos previstos em uma check list.

Parte mecânica, pneus, faróis, direção, condição dos estofamentos, freio, extintor, tacógrafo, quitação de taxas e impostos, dentre outros, são alguns dos itens que são checados. Caso a van vistoriada preencha todas as exigências, um novo selo oficial confirmando a regularidade é fixado no veículo. Já se alguma desconformidade for detectada, o motorista tem até dez dias para fazer adequações e retornar ao processo de vistoria. “Os pais têm de estar atentos em relação à regularidade do veículo dos motoristas que atendem seus filhos”, disse Ubiratan Floriano.

O processo de vistoria das vans escolares em Uberlândia ocorre por exigência do decreto lei 7.328 de 1997. Dispositivo que foi implementado à época para garantir a segurança dos alunos da cidade. Os veículos que necessitam ser verificados são tanto aqueles que atuam na zona rural por meio de cooperativas quanto aqueles particulares que prestam o serviço na área urbana.

Fonte: Divulgação

Procedimento

As vistorias acontecem das 8h às 11h, além das 13h às 17h. Os proprietários das vans precisam, inicialmente, procurar o Núcleo de Serviços de Táxi e Transportes Diversos, na Rua Maria Dirce Ribeiro, 476, bairro, Santa Mônica, onde deve apresentar a documentação. O passo seguinte é agendar um horário pelo telefone 34 3210-6923. O trabalho ocorre em um galpão com a estrutura adequada para a vistoria, localizado na avenida Afonso Pena, 4.814, no bairro Umuarama.

O diretor de Fiscalização e Transportes do município, Ubiratan Floriano, destaca a importância do engajamento dos motoristas para o sucesso do processo. “No ano passado, precisamos dobrar o tempo inicialmente estimado para as vistorias porque muitos proprietários não agendaram no tempo hábil. Sugerimos que todos façam o mais rápido possível para garantir o conforto de todos durante a vistoria”, explicou.

Vistoria obrigatória de vans escolares (2º semestre de 2017)

Período: até 14 de fevereiro
Alvo: 640 motoristas do transporte escolar de Uberlândia
Objetivo: verificar condições dos veículos que prestam o serviço para garantir segurança e conforto aos alunos
Processo: motoristas devem procurar o Núcleo de Serviços de Táxi e Transportes Diversos (rua Maria Dirce ribeiro, 476, Santa Mônica); após apresentação dos documentos exigidos, deverão agendar a vistoria por telefone dentro do prazo estabelecido para o processo
Resultado: vistoriados terão permissão para prestar o serviço por mais seis meses; não vistoriados serão autuados e poderão ter problemas para renovar permissão
Informações: 3231-5634 / 3231-3563

 

Texto: Secom PMU

Expresso

Hoje (15) é dia de Verão no Parque

Desenvolvido pela Prefeitura de Uberlândia, o programa traz atividades direcionadas à promoção da saúde e emagrecimento saudável

Foto: Comunicação FUTEL

Entre os dias 15 e 26 de janeiro, acontece o Verão no Parque, um programa da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) que oferecerá atividades para a promoção da saúde e o emagrecimento saudável. Ações, como avaliações físicas, dicas de nutrição, saúde e beleza, acontecerão de segunda à sexta no Parque do Sabiá, sempre a partir das 17h. Às 18h30, a comunidade pode participar das aulas de ginástica dançante (zumba, fitdance ou aeróbica).

O Verão no Parque ainda levará gratuitamente aos seus participantes, serviços de aferição de pressão arterial, testes de glicemia, bioimpedância, avaliação de dobras cutâneas, orientações nutricionais, maquiagem, dicas de beleza e massagens nos pés.

As atividades acontecerão próximo à portaria do Tibery, no palco e em seu entorno. “Com o verão e a virada de ano, muitas pessoas despertam interesse em realizar mudanças, como o início de um exercício e cuidados com a saúde. Portanto, o programa será um aliado dessas pessoas, que terão acompanhamento profissional e aulas de ginástica gratuitas”, disse o diretor-geral da Futel, Silvio Soares dos Santos.

Texto: Secom PMU

Destaque

Vagas de emprego disponíveis no Sine nesta segunda-feira (15)

O Sine Uberlândia está com vagas de emprego disponíveis em diversos setores. O horário de atendimento é das 8h às 17h, e são distribuídas 250 senhas por dia. A instituição fica na avenida Nicomedes Alves dos Santos, 136, Centro.

Mais informações podem ser obtidas no portal Mais Emprego, onde também é possível fazer pesquisa por vagas, as informações não são passadas por telefone.

Confira as novas vagas de emprego disponíveis no sine para dia 15/01/2018

Contador (01 vaga)
Numero da vaga: 4363836
Salário: R$ a combinar
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino superior completo

Motorista de caminhão (01 vaga)
Numero da vaga: 4363143
Salário: R$ a combinar
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino fundamental
Habilitado: D

Comprador material para marcenaria (01 vaga)
Numero da vaga: 4361759
Salário: R$ 2.000,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino médio completo
Habilitação: A/B

Vendedor pracista (01 vaga)
Numero da vaga: 4360582
Salário: R$ 957,00
Experiência: 06 meses
Escolaridade: ensino fundamental completo

 

Fonte: Sine Uberlândia

Expresso

Lava Jato tem 17 réus soltos após segunda condenação

Ao menos 17 réus da Lava Jato já tiveram suas condenações confirmadas no Tribunal Regional Federal, como pode acontecer com o ex-presidente Lula no próximo dia 24, mas ainda não foram presos devido a recursos na própria corte.

Foto: Nelson Antoine/Folhapress

Desde o início da operação, há quase quatro anos, apenas três acusados que estavam soltos tiveram a prisão decretada devido à conclusão de seus processos na segunda instância, situação que pode ocorrer com o petista, se os juízes da corte entenderem que ele é culpado.

Essa “antessala” da cadeia tem alvos conhecidos da Lava Jato, sendo o principal deles o ex-ministro José Dirceu, que conseguiu no Supremo Tribunal Federal no ano passado o direito de responder o processo em liberdade.

Dirceu foi condenado por Moro em 2016, teve a pena confirmada pelo Tribunal Regional em setembro e agora aguarda a conclusão de pendências de seu julgamento.

Esses embargos são encaminhados pelas defesas para questionar a decisão principal da corte, mas não costumam reverter o teor do que foi determinado. Ou seja: é improvável uma reviravolta no atual estágio, e o ex-ministro deve acabar voltando à prisão, mas não há um prazo.

Além de Dirceu, estão nessa situação o ex-sócio da empreiteira Engevix Gerson Almada, executivos da Mendes Júnior e Galvão Engenharia que chegaram a ser presos (mas agora recorrerem em liberdade) e o ex-assessor do Partido Progressista João Cláudio Genu, conhecido por ter sido condenado também no escândalo do mensalão.

Alguns deles respondem em liberdade graças a habeas corpus obtidos no Supremo -casos de Genu e Dirceu.

O número de casos só não é maior porque parte dos condenados recebeu penas pequenas, na qual não há obrigação de cumprimento de prisão em regime fechado, e porque dezenas de condenados são delatores que firmaram acordo com a Justiça. Eles estão em regimes alternativos de cumprimento de pena, como o domiciliar ou até o aberto.

Uma minoria já foi condenada em segunda instância, mas já estava presa preventivamente por ordem de Moro –caso do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, que é réu na mesma ação de Lula e em outros processos.

Além deles, há cerca de outras 25 pessoas em prisão preventiva (sem prazo determinado) sob ordem de Moro.

Desde 2014, o juiz já condenou 110 pessoas na operação -três delas foram absolvidas pela corte com sede em Porto Alegre.

Para Lula, o impacto maior do julgamento no Rio Grande do Sul neste mês deve ser sobre seus direitos políticos. Especialistas entendem que a confirmação da condenação pela segunda instância já é suficiente para enquadrar um candidato na Lei da Ficha Limpa, ainda que possa haver julgamento de embargos.

VAIVÉM
Conforme o entendimento do Supremo Tribunal Federal, é possível determinar o cumprimento da pena de prisão se o réu for condenado em segunda instância, mesmo que ele possa recorrer a instâncias superiores.

Nos casos da Lava Jato no Paraná, porém, isso só aconteceu pela primeira vez em agosto passado, após três anos e meio do início da operação. Márcio Bonilho e Waldomiro de Oliveira, ambos acusados de lavar dinheiro com o doleiro Alberto Youssef, foram detidos para que começassem a cumprir penas, respectivamente, de 14 anos e de 13 anos e 2 meses de prisão.

A ação penal tinha sido aberta em 2014, foi julgada na segunda instância no fim de 2016, mas os recursos se estenderam pelo ano seguinte.

Também em 2017, ocorreu a prisão do ex-executivo da OAS Agenor Franklin Medeiros após ter sua apelação rejeitada pelos juízes da segunda instância. Entre o julgamento do caso no TRF e a ordem para a prisão, passaram-se dez meses.

O trâmite tende a se alongar caso haja divergência entre os três juízes da oitava turma da corte, que analisam os casos da Lava Jato. Se o placar pela condenação for de 2 a 1, por exemplo, o réu tem o direito de pedir embargos infringentes, que serão julgados por um grupo de juízes da oitava e da sétima turmas.

 

Texto: Folhapress

Expresso

Inscrições para seleção de professores na FETI começam na segunda-feira

O salário oferecido é de R$1.769,54, mais R$425,00 de tíquete alimentação e Plano de Saúde

Foto: Pixabay

A Fundação de Ensino Técnico Intensivo (FETI) abre inscrições na segunda-feira (dia 15), para contratação de professores, através de processo seletivo. São duas vagas, mais quadro de reserva, para carga de 27 horas semanais. O salário oferecido é de R$1.769,54, mais R$425,00 de tíquete alimentação e Plano de Saúde. São pré-requisitos ter graduação em Administração ou Ciências Contábeis ou Economia.

As inscrições online serão das 8 horas de segunda-feira (dia 15) às 23h59 de quinta-feira (dia 18), no site www.uberaba.mg.gov.br/processoseletivo. Já a entrega de documentação, títulos e experiência profissional vai até às 12 horas de sexta-feira (dia 19) na FETI (Rua Equador, 49, bairro Fabrício). É necessário apresentar fotocópias da Identidade, CPF, comprovante de escolaridade, comprovação de títulos e experiência profissional declaradas no currículo profissional e original do comprovante de pagamento da taxa de inscrição de R$20.

O processo seletivo simplificado será realizado através de etapa única, constituída de análise de títulos e experiência profissional. O edital foi publicado no jornal oficial Porta Voz de sexta-feira passada (dia 5).

 

Texto: Decom PMU

Esportes

Rematrículas para hidro e natação no Poli Roosevelt começam na segunda (15)

Novas matrículas poderão ser feitas somente a partir de 5 de fevereiro

Foto: Pixabay

Começa na próxima segunda-feira (15) e vai até o dia 31 deste mês, das 8h às 11h e das 14h às 18h, o período de renovação de matrículas para as aulas de hidroginástica e iniciação à natação no poliesportivo Roosevelt. As novas matrículas para as duas modalidades serão abertas a partir do dia 5 de fevereiro. No Parque do sabiá e no Viva Mansour, a rematrícula será feita entre 5 e 9 de fevereiro e novas matriculas na semana seguinte. As atividades aquáticas nos três locais começam no dia 5 de fevereiro.

“Como é grande a procura por vagas na hidro e natação no poli Roosevelt, decidimos dar este prazo de 15 dias para as renovações. Em 2017 trabalhamos com oito turmas de dez alunos cada na natação e cerca de 650 pessoas na hidroginástica. Para este ano, a quantidade de vagas será a mesma”, disse Gilvan Guimarães, coordenador de iniciação esportiva da Futel.

Ginástica artística

Atletas das equipes de alto rendimento da ginástica artística da Futel retornaram aos treinos após o recesso para as festas de fim de ano, já os alunos da iniciação poderão fazer a rematrícula entre os dias 5 e 9 de fevereiro, das 8h às 11h e das 14h às 17h. “No dia 9 vamos divulgar a quantidade de novas vagas para a escolinha de ginástica artística. Para dar oportunidade às crianças que pretendem ingressar nesta modalidade, a Futel levará em alguns locais, o tumbling, que é uma modalidade esportiva de iniciação à ginástica de solo”, conclui Gilvan Guimarães.

 

Texto: Secom PMU

Destaque

Maratona de Expansão da Consciência com Sereno Coach

E se você se permitir escolher o que ainda não escolheu? Encare uma realidade além da que você se permitiu viver até hoje!

Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser

Participe da maratona e sinta a sua vida dar um salto! 

Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser

SERENO COACH, é membro da Sociedade Brasileira de Coaching, e tem auxiliado muitas pessoas a acreditarem no seu próprio potencial e a confiarem na sua sabedoria. Além disso é dos pioneiros do Access Consciousness no Brasil, uma ferramenta energética de expansão da consciência criada em 1990 pelo norte-americano Gary Douglas.

Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser
-> Sereno estará em Uberlândia, nos dias 20 e 21 de janeiro nos ensinando aplicar e aprender 3 incríveis métodos de cura e expansão de consciência.

No dia 20  durante o dia, acontece o –> Curso de JOY OF BUSINESS, um sistema harmonioso que permite que você viva com disposição e  coragem para avançar, escolher novas formas de viver e trabalhar ou, até mesmo, se afastar se assim for preciso.

No curso você aprende a colocar diversão em volta dos seus negócios, com ferramentas que abrem a sua consciência diante das suas escolhas.

Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser

–> https://www.facebook.com/events/760465097494701/

Para inscrições: http://curso.serenocoach.com.br/inscricos-joy-uberlandia

-> Ainda no dia 20 de janeiro, à partir das 18hs,acontece o Workshop de Processos Corporais MTVSS.

O MTVSS é um dos mais dinâmicos processos com imposição de mãos do Access Consciousness,  um processo de corpos no qual o maior objetivo é ativar o sistema imunológico para pessoas que estão com algum tipo de enfermidade.

O MTVSS pode ser usado de milhares de formas diferentes e cada vez cria uma nova possibilidade.
Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser

evento no facebook: https://www.facebook.com/events/2432551033635766/

O que é Mtvss –>

Para se inscrever, basta clicar no link abaixo:
curso.serenocoach.com.br/inscricoes-mtvss-uberlandia

–>  E no dia 21 de janeiro, acontece o Curso de BARRAS DE ACCESS!

Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser

A proposta das Barras de Access é ter uma vida sem bloqueios e limitações. O curso te dará a possibilidade de mudar a sua vida e a de quem recebe esta técnica.

–> Existem 32 pontos na cabeça que, quando tocados suavemente, acessam nossos arquivos mentais e emocionais. Durante o procedimento ocorre espontaneamente a liberação de condicionamentos, aprisionamentos e polaridades que limitam nossas vidas de forma consciente ou inconsciente. O uso das Barras® nos proporciona mais leveza, alegria e glória.

Foto: Divulgação/ Guia Livre Ser
Conheça esta ferramenta de Access Consciousness® e se torne também um PRATICANTE certificado.
Evento no Facebook.
Para garantir a sua vaga, acesse: curso.serenocoach.com.br/inscricoes-barras-uberlandia

Todos os cursos acontecem no:  Nosso Espaço Terapêutico – Rua Felisberto Carrijo, 717, Fundinho  em Uberlândia/MG.
Mais Informações e inscrições com: Juliane (95) 8111-3362.
Participe! Aproveite esta oportunidade!

#GuiaLivreSerIndica
Texto: Guia Livre Ser
Cultura

A conquista comercial de Mato Grosso

Joaquim Amâncio Filho, o Nego Amâncio, começou a trabalhar com caminhão em 1929.

Foto: Divulgação

Em 1934, chegou a Mato Grosso e conquistou para o comércio de Uberlândia aquelas praças distantes que eram abastecidas diretamente por São Paulo através da cidade fronteiriça de Três Lagoas. Na primeira viagem que fez para Lageado (Guiratinga), trouxe carga para seis caminhões. Ele só tinha dois. Arrendou quatro, carregou-os, contratou motoristas e levou-os.

Seu sistema de trabalho era comprar a prazo com seu crédito pessoal, levar, entregar, tirar novos pedidos (sem ganhar comissão), comprar couro seco de boi, arroz em casca, garrafa vazia e trazer. Recebia e pagava depois da safra. O mais importante, no entanto, era chegar com o seu caminhão onde nem estrada havia. Enfiava-se nas trilhas dos carros de bois. Seus principais fornecedores eram Teixeira Costa, Casa Galiano e Joaquim Fonseca. Artigos dentários, comprava no Rodolfo Pereira e medicamentos, na filial da Drogaria Alexandre. A matriz era em Uberaba.

Saía daqui cedinho. Não havendo contratempos, chegava a Alto Araguaia com quatro a seis dias. Em época de chuva, gastava até quinze dias. O normal era fazer todo o trajeto de ida e volta em até vinte dias. As estradas eram um trilheiro. Havia a Companhia Intermunicipal do Fernando Vilela até a ponte Afonso Pena. Daí para frente havia a Companhia Sul-Goiana. Eram proprietárias de estradas ruins. Nego Amâncio dizia que elas eram “picadas com mata-burros nos córregos”. As eram pontes frágeis, a todo momento tinham que ser consertadas. Muitas vezes, os próprios motoristas paravam e faziam isso. Atoleiros demais. Conhecidos. Os motoristas sabiam onde atolariam.

Nego Amâncio fazia pião em Lageado. Montou lá um pequeno depósito. Uns oito tropeiros trabalhavam com ele. Cada um com 80 a 120 burros. Dali, esses tropeiros levavam mercadorias para Cassununga, Tesouro, Monchão Dourado, Cafelândia, Batuvi, Acantilado e Estrela. Além dessas corruptelas polarizadas por Lageado, Nego Amâncio atendia a Alto Araguaia, São Vicente do Bonito (Alto Garça) e outras cidades.

Não sei como, Nego Amâncio afastou Três Lagoas do fornecimento para aquela zona e carreou tudo para Uberlândia. É bem possível que tenha sido pelas estradas, ainda que ruins, mas que permitiam o uso de caminhões. As mercadorias despachadas de Três Lagoas só seguiam por carros de bois.

 

Texto: Antônio Pereira Silva
Fonte: Nego Amâncio.

Cultura

Senhora

Foto: Marcelo Felice

Oh, Senhora…!

Porque tanta crueldade?

Se o tempo já decorrido levou consigo a oportunidade…

Trataste-me como inimigo

Logo a este, que tanto abrigo

Proporcionou-te, com lealdade

 

Porque tanto desprezo, porque tal indiferença?

Será febre ou pior doença

Que te obstruiu a visão?

 

Agiste tanto sem noção

Que assim se portando não percebeste

O quanto mal procedeste com tão puro coração…

 

Basta, senhora, de tanta tortura!

Por pior que fosse – e não sou! –

Ainda tenho uma alma pura

 

E apesar de estares tão dura

… sou aquele que sempre te amou…

 

Texto: Marcelo Felice

Cidade

Prefeitura disponibiliza linhas de ônibus para participantes de processo seletivo

Três linhas especiais estarão em operação, além das regulares, para atender aos inscritos

 

Foto: Marco Crepaldi / Secom PMU

No próximo domingo (14), a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) disponibilizará linhas especiais de ônibus – além das regulares – para atender a população que participará do processo seletivo da Prefeitura de Uberlândia para os cargos de contratação temporária para auxiliar administrativo, almoxarifado e operacional.

São três linhas especiais. Duas delas atenderão exclusivamente pelo Terminal Central. A primeira foi dedicada àqueles que farão prova na Escola Municipal Prof. Leôncio Camilo Chaves enquanto outra atenderá os que farão na Escola Municipal Domingos Pimentel de Ulhôa. Uma última atenderá, tanto pelo Central quanto pelo Terminal Umuarama, aqueles que participarão do processo no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais (Cemepe).

 

Confira todas as linhas (especiais e regulares) que serão disponibilizadas ao público para todos os locais de prova:

Escola Linhas
Escola Municipal Prof. Leôncio Camilo Chaves è  – Linha S906 – Especial T. Central – Escola Municipal Prof. Leôncio Camilo Chaves
Escola Municipal Domingos Pimentel de Ulhôa è  – Linha S907 – Especial T. Central – Escola Municipal Domingos Pimentel de Ulhôa

 

CEMEPE è  Linha S908 – Especial T. Central – CEMEPE – Terminal Umuarama

*Outros detalhes do itinerário podem ser conferidos pelo link: http://www.uberlandia.mg.gov.br/2014/noticia/15313/noticia.html

 

Texto: Secom PMU

 

Destaque

Há equipes de futebol em que um pingo de água vira tempestade!

Pensando com meus botões – às vezes, num domingo sem futebol, medito serenamente sob minha parreira de uva preferida: “Há equipes, principalmente as donas de uma imensa nação de torcedores, em que um crec no joelho ou um estalo de dedos são notícia de primeira página, com letras garrafais ou manchetes sensacionalistas”.

Foto: Divulgação

O Uberlândia E.C. é um desses times que evidencio como grande e tradicional. Um caminho e um enorme palco para se aparecer.

Os dirigentes desses gigantes não podem vacilar. São forçados a pensar antes de cada passo a ser dado. Se o infeliz diretor, naqueles momentos de fraqueza que qualquer um de nós tem, num bate-boca com um corneta, mencionar que a genitora dele não é mais virgem, a confusão está formada. Tudo pega fogo! Logo, logo o processo de danos morais aparece na segunda-feira, com o oficial de justiça à porta do pobre cosmoteta.

Nada disso acho ruim, por incrível que pareça. Pelo menos aumenta a audiência, no universo da bola.

No Ninho do Periquito havia, não sei se ele está lá até hoje, um jardineiro folclórico, o Chiquinho. Funcionário dedicado há algumas décadas, xodó dos jogadores e comissão técnica que sempre fizeram parte do Periquito. Em função do seu fanatismo pelo Verdão, o velho Chico não tinha cerimônias em abordar qualquer assunto com diretores ou qualquer pessoa do ambiente. Ninguém nunca o tratou mal ou deixou de ouvir seus pontos de vista.

Certa ocasião, o caldeirão ferveu tanto pelas bandas do Furacão que a diretoria teve que tomar uma atitude drástica. Tudo ia bem fora de campo. Finanças pagas, compromissos em dia, contudo, nas quatro linhas havia oscilações não toleradas pela exigente galera.

Num toque de mágica, surgiu um salvador da pátria, a decantada Universidade do Futebol. Foi um oba-oba sem limites. Imprensa, cornetas e todos os setores aplaudiram de pé a diretoria pela sua atitude ousada.

O início do certame foi avassalador. Uma maravilha! O  U.E.C. venceu os quatro primeiros jogos com os pés nas costas. Até disparou na liderança da competição. Foi manchete em todo o País.

Foi aí que entrou a birra do futebol e seus caprichos de netinho mimado. O Gigante da Floriano Peixoto disparou a perder. Todas as fórmulas foram tentadas para se evitarem as derrotas, tudo inócuo. O rebaixamento parecia inevitável e a panela de pressão da maior torcida do interior mineiro parecia que explodiria inevitavelmente.

Com o fracasso iminente e sabendo que ia cair, o gerente de futebol, um gaúcho que não admitia opiniões, solicitou uma reunião com a cúpula da equipe para achar o causador da enorme queda de rendimento dos atletas verdes.

Fiquei pasmo com tanta asneira desse gestor. Disse ele:

– Minha autoridade foi ferida!

– Como? – indagou o diplomata presidente – Algum diretor interveio no seu trabalho?

– Não, nada disso! É o Chiquinho, o zelador das plantas!

– O que tem o Chiquinho?

– Antes do time viajar, fui atender o telefone. Na minha volta, flagrei-o dentro do ônibus, gargalhando com os atletas, dando instruções para o time parar de perder. Exijo: ou ele ou eu!

O silêncio foi total, com essa colocação tão absurda e ridícula. Usando a diplomacia e carinho com o funcionário, alguém conversou com o Chiquinho. Após o episódio, eu o via cabisbaixo sob a sombra de uma árvore na Vila.

Felizmente tudo passou. O Furacão safou-se do rebaixamento. E mais uma lição aprendida!

 

Texto: Lucimar César

Expresso

Projeto Família Acolhedora capacita interessados em Ituiutaba

Cerca de 40 pessoas inscritas na etapa inicial estão sendo capacitadas

Foto: Ascom Ituiutaba

O Centro de Referência e Assistência Social, CREAS órgão da Secretaria de Desenvolvimento Social, da Prefeitura de Ituiutaba iniciou nesta semana, o curso de capacitação para 40 pessoas que se inscreveram para participar da etapa inicial do Projeto Família Acolhedora, lançado em agosto neste município.

Desde o lançamento, o projeto passou por uma de divulgação e esclarecimentos de dúvidas, e no mês de dezembro, recebeu aprovação do Poder Legislativo municipal, sendo transformado em lei. Estão à frente do projeto em Ituiutaba, a psicóloga Emmanuelle Ramalho Franco e a Assistente Social, Raina Maria de Freitas.

Segundo informações da coordenação do programa, a capacitação das pessoas interessadas, precisa ser superior ao número de crianças a espera de serem acolhidas. No caso de Ituiutaba, existem 22 crianças entre 0 a 18 anos de idade, aguardando o processo de acolhimento. São quatro dias de capacitação, durante duas quartas e duas quintas-feiras, com palestras no auditório do CEMAP, da Secretaria de Educação.

Para a Psicóloga Emmanuelle Ramalho, do CREAS, a pessoa interessada e devidamente cadastrada para fazer parte do Projeto, após receber a capacitação, passa por uma análise psicossocial, e após este procedimento, poderá estar apta a receber a criança por um período de acolhimento, determinado e autorizado pela justiça.

A Assistente Social, Raina Freitas, avalia que a Prefeitura de Ituiutaba, através da Secretaria de Desenvolvimento e equipe do CREAS abraçaram o projeto, e a dedicação é geral de todos os envolvidos, considerando tratar-se de uma inovação, que vem dando certo em vários municípios brasileiros. “Para a nossa surpresa, a adesão de interessados, nesta etapa inicial do projeto, superou as expectativas”, conta Raina.

O Secretário de Desenvolvimento Social, Renato Moura, acredita no sucesso e alcance do Projeto Família Acolhedora. “Estamos diante de uma oportunidade de promover e ofertar uma política pública, que garanta o direito a convivência familiar e comunitária, de crianças e adolescentes, que por alguma razão encontra-se separado do convívio de seus pais biológicos”. Interessados em tirar dúvidas ou mesmo conhecer formas de cadastrar-se para participar do projeto, podem entrar em contado por meio do telefone (34) 3271.8214 ou ainda procurar diretamente a Secretaria de Desenvolvimento, localizada na Rua 24, entre avenidas 15 e 17 no centro.

 

Texto: Ascom Ituiutaba

Araguari

Chegam novos materiais para abastecer Unidades de Saúde de Araguari

Ainda há outros materiais a serem obtidos, por isso a próxima ação deverá ser a aquisição de um maior número de equipamentos

Foto: Secretaria Municipal de Saúde de Araguari

A Secretaria de Saúde informa que chegaram à Atenção Primária novos materiais permanentes para equipar as Unidades Básicas de Saúde e otimizar o trabalho dos profissionais, melhorando a qualidade da assistência à população. Na relação, estão otoscópios, oftalmoscópios, aparelhos de pressão, focos de luz para procedimentos, macas mais seguras, suportes para soro, negatoscópios, reanimadores manuais adulto e infantil, nebulizadores, entre outros. Além destes, fazem parte da lista materiais como bebedouros, armários, arquivos de aço, estantes e lixeiras, banquetas, biombos, etc.

Para a Coordenadora da Atenção Primária, Marislene Pulsena da Cunha Nunes, a aquisição desses materiais “vai melhorar e otimizar o serviço nas Unidades de Saúde, visto que algumas foram inauguradas e colocadas em funcionamento há pouco tempo, mas que ainda precisam ser equipadas com materiais de qualidade.”

Ainda há outros materiais a serem obtidos, por isso a próxima ação deverá ser a aquisição de um maior número de equipamentos, dentre eles, computadores. De acordo com o Ministério de Saúde, para cada equipe que atua nas Unidades, são necessários cinco computadores a fim de se rodar o prontuário eletrônico.

Sabemos que ainda temos várias outras necessidades para serem supridas nas Unidades como computadores, impressoras e internet. Porém, estamos trabalhando para que, em 2018, estas e outras pendências sejam todas resolvidas, qualificando o trabalho da Secretaria de Saúde!” salientou Dra. Marislene.

As 23 equipes das UBSFs – Unidades de Saúde da Família e as cinco UBSs – Unidades Básicas de Saúde vão receber este material. Os menores já começaram a ser distribuídos e o restante se encontra no Almoxarifado da Prefeitura para que seja primeiro patrimoniado.

O Prefeito de Araguari, Marcos Coelho (MDB), disse que o investimento feito, na ordem de R$ 208.953,75, irá beneficiar toda a população de Araguari: “Iniciamos o ano bem com a chegada de novos materiais permanentes, que irão equipar as Unidades de Saúde de Araguari. São instrumentos médicos e mobiliários que vão auxiliar num atendimento de mais qualidade,” salientou.

 

Texto: Ascom Araguari

Destaque

Dentil/Praia Clube enfrenta o Fluminense no 1º compromisso de 2018

Esquadrão Aurinegro soma 39 pontos em 13 partidas disputadas na competição nacional.

Foto: Divulgação/ Praia Clube

No próximo domingo (14), às 20h30, a equipe Dentil/Praia Clube entra em quadra para o primeiro compromisso de 2018. No Ginásio Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ), o time praiano enfrenta o Fluminense pela 4ª rodada do returno da Superliga Feminina 2017/2018, com transmissão ao vivo do canal SPORTV.

Líder invicto, o Esquadrão Aurinegro soma 39 pontos em 13 partidas disputadas na competição nacional. A agremiação carioca, por sua vez, está em 5º lugar na tabela de classificação, com 24 pontos em 13 confrontos. O técnico Paulo Coco discorreu sobre o embate na Cidade Maravilhosa. “Estamos concentrados para fazermos um excelente jogo diante do Fluminense. A equipe deles obteve resultados expressivos recentemente e exigirá muito de nós. Será um enfrentamento parelho sem dúvida alguma”, projetou.

 

Texto: Dentil/ Praia Clube

Cidade

Grupo estuda genoma de abelhas visando aumento na produção do maracujá

Entender a proximidade genética dos insetos ajuda a realizar o processo de forma responsável

Abelha Xylocopa macho sugando néctar na flor do maracujá-amarelo (Foto: Camila Nonato Junqueira)

O trabalho realizado pelo Grupo de Estudos em Genética Molecular e Evolutiva de Abelhas, sob orientação da professora do Instituto de Genética e Bioquímica (Ingeb/UFU), Rute Magalhães Brito, busca atuar a partir da noção de que a seleção e alterações genéticas já fazem parte de nosso cotidiano. Seja na agricultura, pecuária ou em práticas assistidas de reprodução humana, exercemos domínio sobre a genética de forma mais ou menos incisiva. Em parceria com o Laboratório de Ecologia e Comportamento de Abelhas (Leca), ligado ao Instituto de Biologia (Inbio/UFU), uma das vertentes do grupo inclui o uso de espécies polinizadoras para aumento na produção agrícola de forma ecologicamente responsável.

Brito, junto a alunos do Curso de Biotecnologia, realizam o trabalho de comparação de diferentes populações de abelhas Xylocopa, também conhecidas como abelhas carpinteiras, uma das principais polinizadoras do maracujá-amarelo. A partir da parceria com o Leca, foram criadas abelhas em gomos de bambus que servem de ninho para a espécie. “Você pode colocar os bambus num local pra ter uma grande quantidade de abelhas e levar pra perto da cultura para aumentar a produção e ver na prática os efeitos da polinização cruzada”, explica a professora.

O grupo comparou os locos microssatélites (unidades de repetição de bases no DNA usados como referência para estudos de parentesco) e regiões do DNA de mitocôndrias das abelhas criadas junto ao Leca no Campus Umuarama com aquelas já presentes na Fazenda do Glória, na Fazenda Água Limpa e na Reserva Ecológica do Panga. Neste caso, as abelhas da Fazenda Água Limpa possuem uma estrutura genética mais distante daquelas criadas na UFU. “Pode ser que ali tenha alelos que são estoque para a população. Se a gente mistura tudo, fica todo mundo com um patrimônio genético só; se acontece, por exemplo, uma doença, todas as abelhas ficam suscetíveis”, argumenta Brito.

Professora orientadora Rute Magalhães Brito (segunda à esquerda) e graduandos do Grupo de Estudos em Genética Molecular e Evolutiva de Abelhas (Foto: Daniel Pompeu)

Outra vertente de pesquisa do grupo é a tentativa de identificação de elementos transponíveis, ou que se movem no genoma, nas abelhas brasileiras que se comportam de forma social. Segundo a professora, a intenção é entender se os elementos presentes nos genomas de diversas espécies foram transmitidos ao longo do tempo evolutivo (de uma geração à outra) durante o processo de diversificação das abelhas, ou se há casos de transmissão horizontal (entre uma mesma geração). “A maioria das espécies de abelhas é solitária. Outras são o que a gente chama de eussociais com sobreposição de gerações: tem a rainha, as operárias, os zangões. Então, compreender como isso surgiu na evolução é uma chave importante também para entender comportamento de uma maneira geral”, esclarece.

 

Herança Darwinista

Em 1859, Charles Darwin publicou “A Origem das Espécies” e jogou luz sobre o mistério da gigantesca biodiversidade presente no planeta Terra. Desde então, começamos a observar elementos que corroboram sua teoria. Os diferentes cães, por exemplo, só começaram a se fazer presentes depois do início da convivência de lobos mais dóceis com seres humanos. O favorecimento e a reprodução de lobos que tinham as características valorizadas por nossos ancestrais começou a moldar as raças caninas que conhecemos hoje. Esse tipo de evolução, a partir da interferência ativa por parte de seres humanos, é denominada evolução por seleção artificial.

Na medida em que as tecnologias de seleção e alteração genética se tornam mais a regra do que a exceção, Brito defende que os experimentos sejam feitos de forma consciente e responsável. A professora cita como avanço, por exemplo, a recém-desenvolvida técnica de edição gênica CRISPR/Cas9. O método, de forma simplificada, consiste em programar uma enzima (Cas9) através de outro conjunto de sequências de DNA (CRISPR) para cortar o DNA de qualquer ser vivo de forma precisa. Com a técnica, foi possível criar macacos com mutações específicas, evitar a infecção de HIV em células humanas e, mais recentemente, alterar o genoma de embriões humanos. “A genética tem um potencial muito grande. É por isso que os comitês de ética têm que estar sempre de olho, vendo como essas aplicações estão sendo utilizadas e quais são os objetivos”, argumenta.

 

Texto: Comunincação UFU

CDL

Palestra sobre vendas reúne lojistas em shopping de Uberlândia

Palestrante renomado na área veio a convite da Fundação CDL

Foto: Divulgação CDL

A Fundação CDL realizou na última semana uma palestra sobre vendas para os lojistas do Uberlândia Shopping. O objetivo foi assessorar as empresas e instituições em ações de Educação Corporativa, Treinamento e Desenvolvimento de Equipe.

Cleir Júnior atua como consultor de varejo há 17 anos, e é especialista em Fluxo de Caixa, Vendas e Ruptura em Loja. Convidado para ministrar o treinamento conseguiu passar de forma simples o que os lojistas precisavam para melhorar as vendas.

O tema escolhido para a palestra foi: Quer Vender Mais? Use os 2P’s. “Nada acontece nos negócios até que alguém venda algo” – Jeffrey Gitomer. A partir desta frase o palestrante discorreu sobre o sucesso nas vendas, que está em conseguir vender algo a uma mesma pessoa mais de uma vez ou que ela o recomende para outras pessoas. Para isso, ele mostra que você precisa conhecer bem seus produtos e seu cliente para formar o melhor casamento possível.

Foto: Divulgação CDL

Foram apresentadas técnicas para conhecer o que o cliente quer e formas de usar as ferramentas para concretizar a venda. Com a palestra os vendedores puderam se sentir preparados para fazer as vendas utilizando os 2P´s, com exemplos de frases para iniciar a apresentação, perguntas, afirmativas e respostas, sempre buscando estabelecer relações duradouras.

Na avaliação da superintendente de marketing do Uberlândia Shopping, Tatiane Alves, a palestra foi extremamente positiva. “O palestrante conseguiu interagir bastante com o público, de cerca de 80 pessoas, e usou uma linguagem muito acessível para vendedores, proprietários e gerentes de lojas”, observou. Segundo ela, existe um projeto interno de motivação e qualificação voltado para os lojistas e novas parcerias com a Fundação CDL são esperadas já que o resultado foi muito bom.

 

Texto: CDL Uberlândia

Expresso

Forças estatais prendem 330 pessoas no 4º dia de protestos na Tunísia

Mais de 300 pessoas foram presas na noite de quarta-feira (10) e na madrugada desta quinta (11) na Tunísia, no que foi a terceira noite de manifestações violentas contra o aumento de tarifas públicas, impostos e o desemprego.

Foto: Pixabay

As medidas fazem parte de um pacote de austeridade do qual as autoridades dizem não abrir mão. Os protestos, porém, também coincidem com o aniversário de sete anos da queda do ditador Zine El Abidine Ben Ali, que desatou a Primavera Árabe.

Os confrontos entre manifestantes e a polícia começaram na segunda em bairros pobres da capital, Túnis, e de outras cidades. Houve ataques a bases policiais e patrimônio público, como trens, ônibus e prédios estatais.

Mais de 200 manifestantes haviam sido presos nos dois primeiros dias. Diante da violência, as autoridades enviaram policiais de choque e tropas às áreas mais conflituosas, o que também levou ao aumento das detenções.

O porta-voz do Ministério do Interior tunisiano, Khelifa Chibani, disse que 330 pessoas foram capturadas, elevando para mais de 600 o número de encarcerados, a maioria acusado de roubo, dano ao patrimônio e saques.

“O que está ocorrendo é crime, não manifestação. Eles roubam, intimidam as pessoas e ameaçam o patrimônio público e privado.”
Apesar da pressão social, o governo tunisiano manteve nesta quinta a intenção de não ceder em relação aos aumentos do imposto ao valor agregado (IVA), que incide sobre alimentos e bens de consumo, dos combustíveis e das tarifas públicas.

“Nós não vamos revisar nosso Orçamento ou qualquer um de seus artigos por causa de alguns baderneiros que foram às ruas”, afirma o ministro do Investimento, Zied Ladhari.

O primeiro-ministro, Youssef Chaged, acusou adversários políticos de fomentarem a rebelião. “Eu quero acalmar os tunisianos. O Estado está de pé e vai resistir”, disse, prometendo manter o direito ao protesto pacífico e investigar os atos violentos.

Negando essa intenção, o principal partido opositor, a Frente Popular, convocou manifestações para próximo domingo (14), dia do aniversário da queda da ditadura.

VIOLÊNCIA
O reforço na segurança se deveu ao descontrole da violência em algumas áreas. Em Thala, na fronteira com a Argélia, tropas foram enviadas após manifestantes incendiarem um prédio da segurança nacional, forçando a polícia a recuar da cidade.

Na terça, coquetéis molotov foram atirados contra uma escola judaica na ilha de Djerba (sul), lar de uma antiga comunidade judaica. Houve também ataques a um tribunal em Siliana e ruas e estradas bloqueadas em Kasserin e Tebourba, onde um homem morreu na segunda.

Os protestos começaram nos bairros da periferia de Túnis, com grupos de jovens, alguns mascarados, atacando bases da polícia e sendo contidos com gás lacrimogêneo.

A Tunísia, único país que sobreviveu à Primavera Árabe, até o momento conseguiu avançar em sua transição democrática, apesar da estagnação econômica e social.

A inflação ultrapassou 6% no final de 2017, enquanto a dívida pública e o déficit na balança comercial atingiram níveis preocupantes.
Embora seja o único sucesso de democracia entre os países inseridos na Primavera Árabe, teve nove governos em sete anos, e nenhum deles foi capaz de resolver os problemas econômicos originários dessa situação.

Texto: Folhapress

Expresso

Divulgação do resultado do Enem é antecipado para a próxima quinta

O Ministério da Educação antecipou em um dia a divulgação do resultado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2017.

Foto: Reprodução

A partir de 18 de janeiro os estudantes poderão consultar os resultados individuais na página do participante, na internet. A nova data foi divulgada nesta sexta-feira (12) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). As informações são da Agência Brasil.

É necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na página do participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, comumente chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações. O acesso ao espelho de correção é uma forma de o participante saber como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas pela prova.

Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo ProUni (Programa Universidade para Todos) e para obter financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

 

Texto: Folhapress

Expresso

Força-tarefa reitera que considera falsos recibos apresentados por Lula

A força-tarefa da Operação Lava Jato apresentou alegações finais no procedimento que apura se a defesa do ex-presidente Lula forneceu recibos de aluguel falsos ao juiz Sergio Moro e reiterou que considera que houve falsidade ideológica por parte do petista.

Foto: Pinterest

O procedimento, chamado incidente de falsidade criminal, tramita paralelamente à ação penal em que Lula é réu sob acusação de receber propina da Odebrecht para adquirir um terreno para o Instituto Lula, em São Paulo.

A mesma ação penal também aborda a suposta compra, pelo ex-presidente, do apartamento vizinho ao que mora, em São Bernardo do Campo, com dinheiro da Odebrecht.

Segundo a acusação, o imóvel, comprado por um laranja, Glaucos da Costamarques, era ocupado pelo presidente, que nunca pagou aluguel pelo uso.

A defesa do petista, ao ser cobrada por Moro para mostrar provas que comprovassem o pagamento da locação, apresentou então em setembro um conjunto de recibos assinados por Costamarques.

Os procuradores contestam a autenticidade desse material. Nas alegações finais, protocoladas na noite de quinta (11), a força-tarefa afirma que os recibos foram produzidos para “atribuir fictício lastro à locação simulada do apartamento”.

O Ministerio Público Federal diz que a apuração sobre o caso corrobora a versão apresentada por Costamarques, que disse que assinou uma série de recibos de anos anteriores enquanto esteve internado no Hospital Sírio-Libanês, no fim de 2015.

Os procuradores dizem que os registros do hospital mostram três visitas naquela época do contador João Leite Muniz, que trabalhava para Roberto Teixeira, compadre e advogado de Lula.

Muniz, relatam os procuradores, contou ter levado recibos de “alguns meses” de 2014 e 2015, embora tenha dito que providenciou as assinaturas apenas para “atender ao seu ‘rito’ pessoal de organização de documentos de seus clientes”.

O documento também cita como prova registros de dez ligações telefônicas entre Costamarques e Teixeira no período da internação, o que indicaria que estariam combinando as assinaturas.

Um dos principais argumentos da força-tarefa é o de que não existe fluxo financeiro registrado entre contas de Lula e da ex-primeira-dama Marisa Letícia e as do proprietário do apartamento.

OUTRO LADO
A defesa de Lula afirma que os recibos apresentados provam que houve o pagamento da locação.
“Diante da prova de que os recibos haviam sido assinados pelo proprietário do imóvel, os procuradores desistiram de pedir uma perícia em relação aos documentos, passando a sustentar que eles seriam ‘ideologicamente falsos’, pois, segundo a versão apresentada, os aluguéis não teriam sido efetivamente pagos. A acusação é inverídica”, diz nota dos advogados de Lula.

A defesa também diz que a quebra de sigilo de Costamarques aponta que ele movimentou quantia em espécie compatível com o recebimento dos aluguéis, que somam R$ 188 mil de 2011 a 2015.

Lula ainda não apresentou suas alegações finais no caso. Após essa fase, Sergio Moro vai dar a sua posição final no procedimento. Essa decisão será levada em conta para a elaboração da sentença da ação penal sobre o terreno do Instituto Lula.

 

Texto: Folhapress

Destaque

Suspensão do aumento dos salários dos vereadores de Uberlândia é mantida pelo TJMG

Desembargador afirmou que havia risco de lesão grave à população, sobrecarregando os cofres públicos e comprometendo os serviços do município  

Foto: Gabrielle Silva

O TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) manteve a decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública de Uberlândia suspendendo o reajuste de 19,8% dos salários dos vereadores, aprovado por 20 edis na sessão do último dia 14 de dezembro. A procuradoria da Câmara de Uberlândia havia entrado com recurso junto ao TJMG  alegando que o reajuste estaria autorizado pelo artigo 179 da Constituição Mineira, entre outros argumentos, todavia o recurso foi negado pelo relator, o desembargador Wilson Benevides, nesta semana.

Na decisão, o desembargador indeferiu o recurso prevalecendo na íntegra a decisão da 1ª vara. Em relação à procuradoria da Câmara alegar a existência de dano em favor dos parlamentares. O desembargador afirmou na decisão: “o que se vislumbra, na realidade, é o risco de lesão grave à população do município de Uberlândia, uma vez que a autorização do reajuste pode sobrecarregar os cofres públicos municipais e comprometer o funcionamento de diversos serviços públicos”.

Também acrescentou: “ademais, urge salientar que, para a aprovação de cada reajuste, é imprescindível a verificação do impacto orçamentário que estes podem gerar, de modo a não comprometer os cofres públicos do Município. Inadmissível, portanto, que as agravantes autorizem, de uma só vez, o reajuste correspondente a todos os anos de 2013, sob o risco de grave dano ao erário e de violação ao princípio da anterioridade”.

O desembargador lembrou que conforme o artigo 29 da Constituição Federal, o subsídio dos vereadores será fixado pelas Câmaras Municipais em cada legislatura para a subsequente. “Depreende-se que as Câmaras Municipais não poderão fixar os subsídios dos agentes públicos referentes à legislatura vigente, sobretudo para garantir que não haja qualquer violação ao princípio da moralidade, considerando que os próprios vereadores determinam os valores a serem percebidos”.

 

Texto: Leonardo Leal

Destaque

Governo, que governo?

A questão, caro leitor, é: quando diminui a receita, a fim de pagar os compromissos, o que fazemos? Trabalhamos mais ou diminuímos as nossas despesas. Não é assim?

Foto: Pixabay

O mesmo deveria ser feito pelos nossos representantes, mas não é o que acontece. Usam a caneta, aumentam os impostos, as taxas, os serviços, como combustíveis, energia elétrica, água, tudo o que têm direito, e mais: criam os REFIS da vida, para beneficiar os maus pagadores – entre eles, muitos amigos. Após essa equivocada prática, aumentam os seus próprios salários e investem em propaganda. E criam fundo de campanha para se manter no poder. Afinal, temos 10% de analfabetos e 70% de analfabetos funcionais, que leem, mas não entendem o que leem.

Os cálculos do governo devem ser muito diferentes da vida real… dizem que a inflação está abaixando, mas o combustível, que é responsável pelo transporte de tudo, aumenta de forma vergonhosa várias vezes ao ano. Será que a inflação está abaixando mesmo? É difícil acreditar em um governo impopular, que todos os dias é motivo de escândalos.

As nossas lideranças políticas estão passando dos limites. Por mais ordeiro e manso que seja o brasileiro, há um limite e esse jogo de esquerda versus direita não cola mais, “quem fez errado foi o gestor anterior e agora, o que vivemos é consequência”; além do velho refrão “nós e eles” e de dizerem que as eleições de 2018 serão um marco. Isso é balela. O que vemos nas redes é que estamos sem autoridade. Isso é muito sério, não há democracia sem autoridade. A estabilidade de um país depende de governos sérios, competentes. São dois atributos indispensáveis, os quais os nossos governantes não vêm demonstrando ter, e nem vontade de mudar essa imagem – o que é possível com bons exemplos.

Caso não aconteça algo diferente, caminhamos para ser semelhantes à Venezuela, o que ainda não conseguimos imaginar. É possível evitar, mas na direção em que estamos indo, não será feito pelas atuais lideranças. Confessamos que está muito difícil escrever com responsabilidade sobre o que está acontecendo, porque não podemos ser bombeiros, e muito menos incendiários. Mas acredito que juntos podemos construir um novo caminho.

Editorial – O JORNAL de Uberlândia

Destaque

Tudo como dantes

2018 se inicia com boas perspectivas na economia, cuja recuperação ganha consistência e aceleração, mas sob os riscos dos feriados, da copa do mundo da FIFA e do ano eleitoral.

Luiz Bittencourt é diretor da LASB Consultoria

No Brasil, ano eleitoral significa exacerbação nos conchavos e crescimento dos acordos ilícitos, com envolvimento ilegal de recursos públicos. Caixa dois, então, é uma certeza absoluta, basta atentar para as delações das grandes empreiteiras e da JBS, que elevaram os atos de corrupção à sua mais alta potência. Esse arcabouço construído à margem da lei e impregnado no sistema político nacional acaba por alavancar a insegurança jurídica e desacelerar a recuperação econômica.

Nessas eleições majoritárias que estão por vir, alguns fatos inusitados se apresentam. O primeiro deles potencializa a incerteza e se refere ao ex-presidente Lula que insiste em se candidatar a presidente da república, mesmo condenado em primeira instância e com forte possibilidade de condenação em segunda instância, com sentença prevista para 24 de janeiro próximo. Não constituirá surpresa alguma o registro, pela justiça eleitoral brasileira, da candidatura do ex-presidente Lula, mesmo condenado, independente da instância.

O segundo pode instabilizar a confiança, pelo desconhecido que representa a postulação de outsiders concorrendo não só ao pleito presidencial, mas também aos pleitos proporcionais, porém traz componentes ansiosamente aguardados de novo, de descontaminado e de isento. Alguns nomes estão na berlinda, como Luciano Huck (apresentador da Rede Globo), Valéria Monteiro (ex-apresentadora do Fantástico), Joaquim Barbosa (ex-presidente do STF), e outros que, se confirmados, oxigenariam o debate e, quem sabe, promoveriam enriquecimento na argumentação e postura ética na contenda. Novos nomes como Rodrigo Maia (presidente da Câmara dos Deputados), Jair Bolsonaro (deputado federal pelo Rio de Janeiro), João Dória (Prefeito de São Paulo), Arthur Virgílio (prefeito de Manaus) e velhos nomes como Geraldo Alckmim (governador de São Paulo) e Ciro Gomes (ex-governador do Ceará) também têm sido lembrados e articulados nos meios políticos.

Embora esse mosaico possa até oferecer alguma esperança, percebe-se que não há nada de novo no front. O que há de certeza é a alta probabilidade de caixa dois e de acordos na calada da noite e a disponibilização de quase R$ 2 bilhões em recursos públicos para o Fundo Eleitoral que financiará a campanha política de um país que não tem recursos para enfrentar gravíssimos problemas nos sistemas básicos de saúde, de segurança, de educação e de saneamento e que, em síntese, vai eleger uma leva de políticos que exercerá seus mandatos sem qualquer garantia de transparência, fiscalização ou compromisso com o eleitorado.

Tudo como dantes.

 

Texto: Luiz Bittencourt
Diretor da LASB Consultoria

Entrevista

Rick Paranhos fala de carreira, da paixão pelo jornalismo político e ainda faz uma análise sobre os possíveis candidatos às eleições de 2018

Rick Paranhos tem 25 anos de carreira e atua como jornalista político há mais de uma década. O apresentador e repórter da TV Paranaíba falou com “O Jornal de Uberlândia” sobre a expectativa para as eleições de 2018 e as chances dos possíveis candidatos. O comunicador defende a continuidade das investigações da Lava Jato, operação que ele afirma ter sido o maior avanço político dos últimos anos.

Foto: Bruno Fernandes

Rick, você é considerado um dos melhores apresentadores de Uberlândia, referencia no jornalismo político, como começou sua carreira?

Bondade de quem afirmou isso, mas sou grato pelo elogio. Eu comecei a minha carreira no jornalismo em Uberlândia em 2002, início de 2013. Trabalhava na rádio Itatiaia, na época com programação musical, eu era apresentador, mas eu tinha vontade de fazer jornalismo, então logo que eu cheguei não consegui entrar na faculdade, só entrei em 2001 e ali conheci bons professores, bom colegas que me incentivaram a pensar em política, até então eu não tinha esse gosto. Tive o professor Selmane Felipe, foi muito bom, me ensinou muito sobre isso, um colega chamado Marciano Corrêa, que também é militante e gosta muito de política. E a partir daí eu comecei a gostar e em 2003 a rádio Itatiaia abriu a rádio AM aqui com jornalismo, e na época contratou uma equipe muito boa, um time muito bom. Então naquele momento eu entrei no jornalismo e não saí mais, trabalhei na Rádio Itatiaia até 2005, depois que eu me formei tive uma experiência muito grande com o Jornal da Justiça, depois eu fui para o Jornal Correio, depois veio o convite da TV Integração, final de 2009 Rogério Silva me fez um convite para vir para a TV Paranaíba. Aqui pude associar outros conhecimentos, a possibilidade de apresentar o Balanço Geral, nas férias do Marcos Maracanã, então pude assimilar um pouco mais essa coisa do jornalismo comunitário, de opinião.  Tive a frente do Jornal Paranaíba também, tive um tempo chefiando a redação, agora me dedico mais ao programa Política Cruzada e faço reportagens para o Jornal Paranaíba, série de reportagens, emito opinião.  Então esse é o contexto da minha carreira no jornalismo e para aprimorar mais os meus conhecimentos hoje estou cursando direito também com o objetivo futuro de tentar uma carreira na área jurídica.

Rick, o que o Jornalismo Político tem de especial?

Eu sou suspeito, depois que eu descobri o jornalismo político eu passei a pensar o seguinte, é até lema do “Política Cruzada”, política está em todo, quando você sai de manhã para comprar o pãozinho e o café moído, tem política econômica ali, política partidária, porque às vezes uma decisão política interfere na escolha do Ministro da Agricultura e essa escolha vai impactar na vida de todo mundo. Então tudo tem a ver com política, a falta de vaga nas escolas, a contratação ou não de médicos, o aumento do salário mínimo. Tudo tem a ver com política. Quando as pessoas dizem: Eu não quero saber de política, eu não gosto de política, enquanto você detestar política a sua vida não vai mudar, porque você n]ao vai ter a oportunidade de buscar algo diferente para o seu dia a dia, porque é você cobrando o seu vereador, quem representa seu bairro que você vai ter garantido direitos básicos. Enquanto você não gostar de política e não cobrar do vereador, do prefeito, do deputado federal, estadual e federal, você não vai ver mudança. As redes sociais ajudam a fazer essas denúncias e reclamações. Por isso que a política tem a ver com tudo e eu gosto muito.

Na sua opinião, o que mudou com a Lava Jato no país, principalmente em relação à imprensa?

A Lava Jato mudou muito, embora as pessoas digam que não vai dar em nada, eu acho que já deu em muito. Políticos que nós nunca imaginávamos que iriam para a cadeia, foram e só saíram quando fizeram a delação premiada para denunciar outros políticos tão corruptos quanto e agora estão em uma condição um pouco melhor, prisão domiciliar, tiveram que devolver dinheiro, então sentiram na pele o que é uma sanção, uma pena para alguém que cometeu corrupção. Já é o princípio para a mudança, já tivemos resultados bons, políticos tiveram que devolver dinheiro, empresas também. Agora temo que pensar no futuro, quem nós vamos eleger esse ano? A gente tem que colocar no senado e na Câmara dos Deputados representantes que defendam as investigações, porque embora o governo Dilma tenha uma série de problemas, a gente tem que reconhecer que essa lei votada lá atrás, abriu portas para ela e para outros petistas, tucanos e amarelos enfim, todos que estavam envolvidos com corrupção. Então a gente tem que ter representantes políticos que queiram essa continuidade e não os que estão lá, os que estão querendo por fim a Lava Jato, eles tentaram por diversas vezes acabar, mas graças aos veículos de comunicação que denunciaram, graças ao Ministério Público, com isso trouxeram a tona gravações, envolvendo tantos políticos que foram pegos em ligações telefônicas dizendo que a Lava Jato tinha que acabar que estava sangrando todo mundo, então só não acabou porque a imprensa se envolveu. A imprensa abraçou a causa para dar continuidade a uma limpeza que nós acreditamos nela. Talvez a imprensa nem tivesse preparada para a quantidade de informação, de denúncias que foram feitas, então foi muito criticada por pessoa que disseram que o veículo tal privilegiava determinados partidos. Então tudo isso está sendo apurado pela justiça. Nos últimos cem anos a Lava Jato foi o maior avanço político que nós tivemos.

Como você avalia os nomes que já se apresentaram para disputar o Governo do Estado e Federal?

Os nomes apontados para o Governo do Estado são ainda incipientes, a gente só tem o Governador Fernando Pimentel que já admitiu que pode disputar a reeleição. É bom lembrar que o Pimentel está respondendo um processo no Superior Tribunal, que eu duvido que vá ter resultado prático antes do período da candidatura, ele deve ter condições de disputar essa reeleição, então ele é o único que tem admitido. A oposição tem falado em alguns nomes, por exemplo, Márcio Lacerda, que foi prefeito de Belo Horizonte, ele tem percorrido o estado, colocando o nome dele em apreciação. Temos também uma cogitação do ex governador e atual senador, Anastasia. Há uma possibilidade remota de que o Senador Aécio Neves viria disputar o governo do Estado, mas ele está muito desgastado, não acredito que ele teria chance. Seria uma surpresa grande. Acredito que ele se vier disputar deve ser ao cargo de senador ou deputado federal para não perder o foro privilegiado.Tem outro nome que também é cogitado que é o Diniz Pinheiro, que estava no PP até então e é do mesmo grupo do Anastasia, do Aécio Neves. Tem também o Romeu Zema, presidente do Grupo Zema, que já houve conversas que ele teria interesse de disputar, também tem se apresentado como opção. Nesse cenário todo eu avalio que quem tem chance de tirar o atual governo seria o Anastasia, mas ele tem dito que não vai. Então é ate difícil fazer uma avaliação tão cedo, mas hoje nesse exato momento, acredito que Pimentel tem chance de conseguir a reeleição, já que Anastasia diz que não vem.

Quanto ao Governo Federal, Michel Temer já disse que não vai disputar, temos Luiz Inácio Lula da Silva que já se diz pré candidato, há uma possibilidade do Tribunal Regional Federal julgar o caso dele, então se houver uma condenação de segunda instância, teria que passar por uma modulação, mas acredita-se que essa decisão já vetaria o Lula de disputar, há um grupo que diz que não, outro que diz que sim. Na impossibilidade do Lula disputar, o PT teria que pensar em outro nome. No Democratas fala-se muito no nome do Rodrigo Maia, Presidente da Câmara , que diz que não mas no fundo ele tem um certo desejo de tentar a presidência. O que todo mundo fala agora que é o Jair Bolsonaro, que nas pesquisa se apresenta como uma grande possibilidade, um segundo nome na disputa, mas não acredito que ele seja tudo isso não, a gente sabe que não se governa um país sozinho, eu não sei se ele teria condições de conseguir uma aliança para dar a eleição para ele e depois de governar. Não sei se ele teria capacidade. Temos ainda Ciro Gomes, que tem percorrido o país todo, utilizando o slogan Cirão da massa, é um nome que está posto e tem também Marina, que já vem de outras disputas, não sei se ela teria condições de disputar , mas acredito que seja candidata. Então  é bem possível que surjam outro nomes, ainda é muito cedo. Mas com chances são esses mesmo, tem ainda Geraldo Alkmim, e tem também o João Dória, que é prefeito de São Paulo, os dois nomes do PSDB podem ser esses, fora eles tem o apresentador Luciano Hulk, recentemente ele disse que gostaria de ter o nome dele inserido nas pesquisas. Os nomes são esses hoje, mas eu te confesso que nenhum me agrada. Precisaríamos de outras possibilidades. O Brasil precisa de gente que queira ajudar a nação e não trabalhar em benefício próprio.

 

Texto: Maria Clara Faria

Cultura

Biblioteca Municipal exibe romance na tarde desta sexta-feira (12)

Cartas para Julieta’ começa às 15h30 e faz parte do projeto Cinema na Biblioteca

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (12), a Biblioteca Pública Municipal apresenta mais uma sessão do projeto Cinema na Biblioteca. A atração escolhida desta vez será o filme Cartas para Julieta, que começa às 15h30. A exibição promovida pela Secretaria Municipal de Cultura é gratuita e aberta a toda comunidade.

A obra escolhida para animar as férias da criançada é um sucesso norte-americano de 2010, dirigido por Gary Winick e estrelado por Amanda Seyfried. A jovem atriz interpreta os devaneios amorosos de Sophie durante uma viagem para a Itália.

Cartas e romance

Sophie (Amanda Seyfried) é uma aspirante a escritora que viaja para a Itália em uma espécie de lua-de-mel antecipada, ao lado do noivo Victor (Gael García Bernal), que sonha em ter seu próprio restaurante. Em Verona, onde se passou a história de Romeu e Julieta, local perfeito para uma lua de mel antecipada, Sophie acaba percebendo que seu noivo está mais interessado nos fornecedores para seu restaurante do que nela.

Na cidade descobre uma antiga carta de amor e junta-se a um grupo de voluntárias que responde estas missivas amorosas. Para sua surpresa, a remetente Claire Smith (Vanessa Redgrave) ouve o conselho dado na resposta e vai procurar Lorenzo, por quem se apaixonou na juventude. Mas existem muitos italianos com o mesmo nome e Sophie demonstra interesse em ajudá-la na tarefa, desagradando o neto Charlie (Christopher Egan), que já tinha reprovado essa louca aventura da avó viúva.

Cinema na Biblioteca

Filme: Cartas para Julieta (Comédia, romance, drama)

Quando: sexta-feira (12)

Onde: Biblioteca Pública Municipal (Praça Cícero Macedo, bairro Fundinho)

Atração gratuita

 

Texto: Secom PMU